Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Procissão de Penitência é a referência das festas de Castedo do Douro

A aldeia de Castedo do Douro comemora este fim de semana as festividades anuais, em honra de Nossa Senhora da Dores

-PUB-

São quatro dias de festa, que iniciam amanhã e terminam na próxima segunda-feira. Como já é habitual o destaque vai para a tradicional Procissão de Penitência, considerada por alguns um ato religioso “único na europa”, que ano após ano é a marca mais importante das festas da aldeia Castedense.

É uma procissão com características medievais que simboliza um dos momentos da Paixão de Cristo, aquele em que Jesus se encontra com a sua mãe a caminho do calvário.  

É pelas 21h30, de Sábado, dia 30, que a Procissão de Penitência, sai à rua com os andores de Nossa Senhora das Dores e do Senhor dos Passos, onde se destacam dezenas de penitentes, que saem da igreja, com a característica particular de estarem cobertos com um lençol ou colcha branca, envolvendo o corpo. Seguem descalços ou de joelhos, com coroas de hera na cabeça e têm o rosto completamente tapado. 

Um penitente, caminha em frente ao andor do Senhor dos Passos, de olhos postos no rosto da imagem religiosa e faz todo o percurso de costas. Numa das mãos tem um cálice de vinho e na outra um de água que, lenta e alternadamente, vai erguendo até à altura dos olhos.

O vinho simboliza o sangue de Cristo, a água, as lágrimas que saíram do coração de Cristo quando foi lanceado na cruz. O encontro faz-se no Largo da Praça, a meio da procissão, com os andores de frente um para o outro, com o sermão a ser efetuado de uma varanda pelo sacerdote. Este é o momento solene da procissão, onde impera um silêncio total, e onde é evidente a emoção de várias pessoas. 

No domingo realiza-se a Procissão de Gala, pelas 18h00, acompanhada pela Valadares e pela Banda de Música de Alfândega da Fé.

PROGRAMA LÚDICO

Amanhã, sexta-feira, pelas 22h00, o destaque vai para a atuação do grupo “MK Music”. Já no Sábado, os “Marotos da Concertina” animam a tarde e o grupo “Brisa do Marão” atua noite dentro.

No Domingo, há um concerto da Banda de Música de Alfândega da Fé, às 22h00, e pelas 23h30, atua a banda “Norte FM”, para a uma hora da madrugada está marcado o espetáculo de fogo-de-artifício. No último dia de festividades atua o grupo “Bailando”, pelas 22h00.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.