Terça-feira, 21 de Maio de 2024
No menu items!

Prova vai dar a conhecer “o coração” do Douro

Com o objetivo de aliar a prática desportiva ao lazer, a 25 de abril realiza-se o Douro Trail 9 Quintas, uma prova desportiva que irá percorrer caminhos, trilhos e vinhas ao longo de nove Quintas do Douro Vinhateiro entre a vila de Sabrosa e o Pinhão, numa distância de 32 km.

-PUB-

O promotor da iniciativa é Rui Rebelo, da empresa Positive Life Sensations, que nos fala da sua paixão pela região duriense e a forma como surgiu esta ideia. “Como atleta e amante da natureza, gosto de explorar os espaços envolventes desconhecidos e achei interessante partilhar estas emoções com as outras pessoas, que ainda não tiveram a oportunidade de ver o Douro nesta perspetiva. Posso garantir que será um trajeto diferente, agradável, que vai percorrer diversas paisagens do Douro”.

A prova tem início na Praça do Município de Sabrosa e termina na praia fluvial do Pinhão. É composto pelas provas Corrida Trail (32km); Mini Trail (18km); e Percurso Pedestre (12km), que irão passar por dentro das quintas da Arruda, da Manoela, de Santo António, do Passadouro, do Silval, da Poeira, da Terrafeita, da Cavadinha e Taylor’s.

A recetividade das quintas “foi ótima”, algumas adegas vão abrir os seus lagares e os locais onde têm as pipas. “É uma abertura nunca vista por parte das quintas”, realça Rui Rebelo.

No futuro, o objetivo será fazer um Challenger, ou seja uma espécie de campeonato interno na região do Douro, em que os atletas vão poder pontuar em diferentes provas e no final haverá um vencedor, mas “a ideia é sobretudo crescer e abranger mais quintas”.

Para além do Douro Trai 9Quintas, três outros eventos estão já previstos durante o mês de junho: o Ultra Trail Serra do Alvão, a 6 de junho, composto por uma prova de longa distância (55km), uma prova com a distância de 21km (Trail do Alvão) e ainda uma caminhada familiar (10km); o Urban Trail St António, a 13 junho em Vila Real, que consiste em percorrer caminhos pedestres dentro da cidade de Vila Real sem a utilização da estrada, em espaços verdes pouco utilizados pelos cidadãos, dando a conhecer trilhos e percursos naturais. Esta prova irá passar no campus da UTAD e ainda em algumas extensões da antiga linha de comboio que permitirá aos participantes conhecer e descobrir os mais íntimos recantos da cidade; o La Rosa/ Carvalhas Hill Challenge, a 20 junho, no Pinhão. Trata-se da recriação de uma prova originalmente criada pela Patriarca da Família Bergquist, proprietária da Quinta desde 1906. Com início na Quinta de La Rosa, consiste na travessia do Rio Douro a nado (200m), seguido de um Up Hill de 4km por entre socalcos e vinhas até ao local da Casa Redonda no topo da Quinta das Carvalhas da Real Companhia Velha. Paralelamente, será realizada uma caminhada familiar, desde o local onde a travessia foi feita, seguindo pelo cais do Pinhão e pela ponte sobre o Rio Douro, com subida à Quinta das Carvalhas. Esta prova é seguida de um almoço convívio no topo da Quinta das Carvalhas, da Real Companhia Velha.

O evento, organizado pela empresa Positive Life Sensations, tem como parceiros a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), os Municípios de Sabrosa, Alijó, Vila Real, a Associação Sabrosa Douro XXI e a Clinica Dr. Eduardo Merino.

Paulo Rolão, da Associação Sabrosa XXI, refere que desde a primeira hora a autarquia de Sabrosa e a associação decidiram apoiar a iniciativa, que trará “mais gente a conhecer o município de Sabrosa”, onde os sócios da agremiação poderão ainda “mostrar e divulgar os seus produtos”, sendo que este tipo de iniciativas poderão ter grande impacto futuro. “Isto é só o início, mas acredito que haverá muito que explorar nesta magnífica região duriense”.

Já o reitor da UTAD, Fontaínhas Fernandes, refere que a estratégia da academia transmontana é criar pontos e unir as pessoas, com uma ligação forte ao território. “Numa região que está cada vez mais deprimida, este tipo de iniciativas, desenvolvidas por antigos alunos da instituição, têm que ser acarinhadas, assim como outras que possam surgir e que são de interesse para esta região, que tem de se afirmar a outros níveis e não só nos vinhos, porque esses são já muito conhecidos mundialmente. É preciso dar às pessoas cultura, lazer, gastronomia, de forma a trazer mais pessoas do Douro e que não venham apenas de barco”.

José Maria Magalhães, vereador da autarquia de Vila Real, sublinhou a importância de “identificar aqueles que poderão levar a nossa mensagem o mais longe possível”, intervindo em diversos setores, já que hoje “nada pode ser visto de uma forma isolada”. “Os melhores promotores, de uma região como a nossa, são aqueles que misturam negócio com a promoção da cidade, do desporto e da saúde. Sendo Vila Real a porta de entrada na região do Douro, nós temos de aproveitar todas as ideias inovadoras que querem promover o que o Douro tem de melhor, que não só o vinho, mas também a paisagem e a gastronomia”.

A Positive Life Sensations, responsável pela organização destes eventos, é uma empresa constituída por antigos estudantes da UTAD e organiza eventos desportivos e animação turística. Dar a conhecer as potencialidades das áreas onde decorrem os eventos, permitindo assim o relacionamento mais próximo de todos os participantes com a natureza envolvente, é o objetivo, pelo que estas provas desportivas constituem-se um ponto de encontro para amantes desta prática desportiva e mas também uma oportunidade para aqueles que apenas querem conhecer uma paisagem inigualável no panorama nacional e internacional.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

MAIS ARTIGOS

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS