Sábado, 21 de Maio de 2022

SC Vila Real aumenta a quota de sócio

Foi um dos pontos aprovados ontem, em Assembleia Geral do clube. O valor da quota foi atualizado e vai custar mais dois euros.

A partir de fevereiro, a quota mensal dos sócios do SC Vila Real passa a ser de sete euros, em vez dos atuais cinco.

O aumento foi aprovado ontem, em Assembleia Geral do clube, por unanimidade, com os sócios a entenderem que “há muito tempo que pagámos cinco euros e não é um aumento muito grande. Além disso, é para o bem do clube”, diziam.

A verdade é que o ‘Bila’ tem vindo a perder sócios e dos 1 178 que existiam em dezembro de 2021, apenas 443 eram pagantes.

Nesta reunião de Assembleia foi ainda apresentado o relatório de contas referente a 2020, algo que foi sendo adiado devido à pandemia.

“Em 2020, e também fruto da pandemia, o clube passou um mau bocado a nível financeiro. Houve quebra de bilheteira e os sócios afastaram-se um pouco do clube, devido à paragem do campeonato”, refere André Carvalho, acrescentando que “apresentámos aqui um resultado líquido negativo, a rondar os 70 mil euros, quando em 2019 tínhamos um saldo positivo de 20 mil euros”.

O vice-presidente da área financeira não esconde que “é necessário baixar a dívida o mais rápido possível” e que, para isso, “não podemos estar à espera que o presidente venha injetar dinheiro, precisamos do apoio de todos”.

O SC Vila Real terminou o ano de 2020 com um passivo na ordem dos 406 mil euros, mais 87 mil que em 2019. André Carvalho admite que “a dívida do clube é elevada, mas há valores que, entretanto, já baixaram”.

As contas do clube serão atualizadas em março, quando será apresentado o relatório referente a 2021.

Notícia desenvolvida na edição de 20 de janeiro de 2022

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.