Quarta-feira, 18 de Maio de 2022

Serafim Anjos confessa crime de tráfico de droga

No início do julgamento, esta quinta-feira, no Tribunal de Vila Real, o mentor da Associação Nacional e Social de Etnia Cigana, admitiu o crime de que está acusado.

Começaram a ser julgadas, esta quinta-feira, as 12 pessoas acusadas de tráfico de droga, nos concelhos de Vila Real e Vila Pouca de Aguiar.

Serafim Anjos, mentor da recém-formada Associação Nacional e Social de Etnia Cigana, admitiu o crime de que está acusado, indicando, até, alguns dos nomes a quem vendia heroína e cocaína.

O arguido começou por pedir desculpa “à comunidade lá fora” e disse que “refleti sobre o assunto na cadeia e acho injusto vender droga. Não gostava que mais tarde vendessem ao meu filho”.

Serafim Anjos confessou, ainda, que “agia sozinho” e que “os outros acham que estamos aqui porque eu os denunciei”.

Além de Serafim, mais um dos arguidos optou por falar na primeira sessão do julgamento. Os restantes decidiram não falar ou falar mais tarde.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.