Sábado, 16 de Outubro de 2021

Solidão de idosos combatida com projectos sociais

O número de idosos encontrados mortos e sozinhos em casa, nos últimos dias, despertou o país para uma grave realidade social. A solidão na velhice é um problema crescente em Trás-os-Montes. Para contrariar esta tendência, há instituições a desenvolver projectos sociais no terreno, dirigidas aos seniores.

-PUB-

O projecto Palmus-Partilhar pretende fazer frente a esta problemática e junta três câmaras municipais, Alijó, Murça e Sabrosa, num programa no âmbito dos CLDS (Contratos Locais de Desenvolvimento Social).

Dados apontam para que quase 40 por cento dos portugueses, a partir dos 65 anos. passam oito ou mais horas do dia sozinhos, números preocupantes que revelam a solidão sénior.

Ivo Oliveira, coordenador do Palmus-Partilhar, alerta que “não se pode esquecer que a região tem um problema social grave: o isolamento associado à pobreza de alguns idosos”. “Hoje em dia, as pessoas vivem cada vez mais sozinhas e necessitam de um enquadramento social e institucional”, defendeu.

O projecto dá a possibilidade às pessoas de se encontrarem

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.