Terça-feira, 18 de Janeiro de 2022

Soveral de Andrade encabeça lista por Vila Real e Adão Silva por Bragança

O advogado reguense, Artur Soveral de Andrade, foi o escolhido por Rui Rio para encabeçar a lista às legislativas pelo distrito de Vila Real. Já Adão Silva volta a encabeçar a lista do PSD pelo distrito de Bragança nas próximas eleições legislativas de 30 de janeiro.

-PUB-

Os dois nomes foram confirmados pelo próprio partido, em comunicado. Rui Rio acabou por não alterar as escolhas das duas distritais, que tinham proposto estes dois nomes para encabeçarem as listas da região transmontana.[/block]

A divulgação dos nomes dos cabeças de lista para as próximas eleições legislativas são da competência do presidente do partido, que volta a não encabeçar nenhuma lista por nenhum distrito.

Nas eleições legislativas de 2019, Artur Soveral de Andrade, foi eleito deputado como terceiro da lista, subindo agora ao topo com a saída do professor Luís Ramos.

Até ao fecho desta edição, segundo foi possível apurar, a segunda da lista escolhida pela distrital é a médica flaviense, Cláudia Bento, até agora deputada na Assembleia da República. A novidade é o nome que surge em terceiro, André Marques, um apoiante convicto de Rui Rio, que estava em sétimo na lista de 2019.

Em declarações à VTM, Fernando Queiroga, presidente da distrital do PSD de Vila Real, confirmou que os nomes indicados pela distrital “foram todos validados” pela comissão nacional, acrescentando que uma vez que a legislatura foi interrompida a meio, a distrital entendeu “manter os mesmos nomes da lista de 2019, se essa fosse a vontade das pessoas”.

O mesmo responsável revelou que falou com Luís Leite Ramos, que se “mostrou indisponível para integrar a lista, por isso a nossa proposta foi subir os nomes que já estavam na lista”, num processo, que classifica, como “transparente e cordial”.

Recorde-se que o círculo de Vila Real elege cinco deputados, sendo que nas últimas eleições legislativas conseguiu três mandatos (Luís Ramos, Cláudia Bento e Soveral de Andrade), enquanto o PS conseguiu dois (Ascenso Simões e Francisco Rocha).
Em Bragança, Paulo Xavier foi o escolhido para número dois da lista, enquanto em terceiro lugar surge Cristina Miguel.

O círculo de Bragança elege três deputados. Nas legislativas de 2019, o PSD conseguiu dois mandatos (Adão Silva e Isabel Lopes) e o PS um, com a eleição de Jorge Gomes.
Na terça-feira à noite, na reunião da Comissão Política Nacional e do Conselho Nacional, em Évora, foram validadas as listas de todos os candidatos à Assembleia da República do PSD às próximas eleições.[/block]

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.