Terça-feira, 11 de Maio de 2021
©DR

Teatro de Vila Real recebe Paus no primeiro concerto ao vivo após confinamento

O Teatro de Vila Real retoma a programação na terça-feira com a exibição do filme “Da Eternidade” e o primeiro espetáculo ao vivo nesta fase de desconfinamento será protagonizado pela banda Paus.

Após o confinamento imposto pela pandemia de covid-19, as salas de teatro podem reabrir ao público a partir da próxima semana.

O regresso da programação ao Teatro Municipal de Vila Real está agendado para terça-feira, com a exibição do filme “Da Eternidade” e, até ao final do mês, seguem-se mais quatro propostas de música, teatro e de novo cinema.

Segundo informou a instituição cultural, em comunicado, o primeiro espetáculo ao vivo é protagonizado pelo grupo musical Paus, no dia 23 de abril, e “promete ser uma forma de exorcizar estes meses de pausa”.

A banda de Lisboa, criada em 2009 e composta por Fábio Jevelim, Hélio Morais, Joaquim Albergaria e Makoto Yagyu, vai apresentar o disco “Yess”, lançado em 2019 e que conta com a colaboração nos arranjos para sintetizadores modulares do brasileiro GrassMass.

Na programação proposta pelo Teatro de Vila Real para este desconfinamento segue-se um concerto do Ponto de Guitarra, com o duo Maria Paula Marques e Paulo Peres e música do compositor Fernando Lapa, natural de Vila Real.

Na semana seguinte é exibido o filme “Linhas Tortas”, de Rita Nunes, e, a fechar o mês, sobe ao palco a peça “Little B”, do Visões Úteis, um encontro de três gerações de atores nortenhos, a partir de texto coletivo inspirado na biografia profissional de Mário Moutinho.

Segundo o teatro municipal, neste novo regresso dos espetáculos ao vivo mantêm-se as regras de funcionamento e as medidas sanitárias já impostas em 2020, a nível do distanciamento, desinfeção e uso obrigatório de máscara.

“Em conjunto, público, artistas e equipas técnicas, conciliaremos a segurança mútua com a necessidade inalienável da arte ao vivo para regressarmos paulatinamente a uma vida cultural ativa e participativa”, referiu a instituição.

Desde 05 de abril é possível visitar a sala de exposições e o Museu do Som e da Imagem, instalados no teatro municipal.

Na sala de exposições está patente uma instalação de fotografia de Vasco Rafael Carvalho, sob o título “Asphalt Sonata”.

O artista nasceu em Guimarães em 1996 e licenciou-se em fotografia no Instituto Politécnico de Tomar.

No seu trabalho utiliza várias técnicas, tanto no plano digital como no analógico, explorando a cor ou a monocromia, mas também recorre a processos fotográficos alternativos, como a albumina, o colódio húmido ou a emulsão fotográfica. O seu portfólio inclui também serigrafias.

No Museu do Som e da Imagem, além da coleção permanente, pode ser vista a exposição temporária ‘Vila Real pela objetiva de Filipe Borges Júnior’.

O teatro e as exposições estão abertos das 14:00 às 20:00, de segunda a sexta-feira.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.961.387 mortos no mundo, resultantes de mais de 137,4 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.923 pessoas dos 828.173 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.