Quarta-feira, 6 de Julho de 2022

Tecnologia como resposta ao isolamento social

“Idoso (@) Ativo (@)” é o nome do projeto recém-apresentado pelo município de Murça

O projeto visa promover uma inclusão ativa no Douro através da implementação de um sistema de domótica, que permite dar apoio à população sénior mais isolada. Tem como áreas de intervenção o concelho de Murça, Tabuaço e São João da Pesqueira e a tecnologia é a ferramenta que vai dar resposta à inclusão social e ao isolamento dos mais velhos, garantindo a melhoria da sua segurança, diminuindo situações de risco e promovendo a autonomia pessoal.

Em Murça, o projeto abrange 20 idosos e para Mário Artur Lopes, presidente da câmara, “é um orgulho tremendo avançar com uma iniciativa direcionada a este público e que envolve mais que um concelho”, na medida em que se tratam de “territórios envelhecidos e todos os apoios que possam surgir neste âmbito são bem-vindos. É importante que os idosos se sintam cada vez mais apoiados no seu dia a dia”.

Aida Nunes, técnica superior de Serviço Social e responsável pela implementação desta medida, explica que a prioridade nesta fase experimental é “apoiar os idosos que estão isolados e com dificuldades socioeconómicas, promovendo a sua autonomia e qualidade de vida”, através da criação de “estratégias de proximidade, de uma rede familiar e institucional de apoio e de abordagens integradas que estimulem a inclusão social”.

AÇÕES

O programa visa, assim, a instalação de um conjunto de dispositivos nas habitações dos idosos selecionados em cada um dos municípios, que irão assegurar processos como a automação da iluminação, o alerta de incêndio/temperatura excessiva, o alerta de ausência de movimentos e de uma simples mudança na sua rotina, bem como o controlo de equipamentos domésticos. Esta é uma solução desenvolvida pela Dótima Technologies, Lda. que proporciona uma resposta automatizada e quase imediata em casos de queda, acidente, enfarte ou AVC, por exemplo. Segundo o responsável, Afonso Fernandes, a instalação “é fácil e todo o sistema permite aos idosos ter mais segurança dentro da própria casa. Conseguimos prever situações anormais, perceber quando algo foge da dita rotina e emitir alertas para os familiares, para que se possam tomar medidas eficazes”.

Além desta resposta de base tecnológica, o Idoso (@) Ativo (@) vai ajudar a criar uma rede de suporte que se pretende integrar familiares mais diretos, os municípios, as IPSS, as redes de voluntários locais, os parceiros sociais e as forças de segurança.[/block]

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.