Sábado, 3 de Dezembro de 2022
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Tito Senna conquista Bienal de Pintura do Eixo Atlântico

Oriundo do Brasil, Tito Senna ganha a XIII Bienal de Pintura do Eixo Atlântico que retomou com a primeira exposição em Mirandela, após ter sido anulado durante meses devido à pandemia do novo coronavírus.

PUB

Localizado no coração da cidade mirandelense, o Museu Armindo Teixeira Lopes foi o espaço selecionado para acomodar a primeira exposição das obras finalistas, bem como a cerimónia de entrega de prémios aos vitoriosos entre as 119 obras inscritas nesta edição.

Tito Senna

No valor de 4.000 euros, o primeiro prémio foi recebido por Tito Senna, o autor brasileiro do trabalho “Coração Resiliente”, considerado como a “melhor obra do certame” elaborada com uma técnica mista, onde o artista procede ao uso de tinta spray, tinta acrílica, cola e caneta.

Fruela Alonso Blanco, artista asturiano, recebeu o segundo prémio, no valor de 2.000 euros, com o acrílico “Betty”, sendo também concedidas cinco menções enobrecedoras a Francisco Javier Pena Fernández, J. Antonio Castro-Muñiz, Ricardo de Campos, Thomas Apostolou e Raul José de Oliveira Ferreira.

O Prémio Jovens Talentos Luso-galaicos, reservado a jovens artistas com faixa etária entre os 16 e os 25 anos de idade, é atribuído a Breogán Torres Gutiérrez pelo trabalho “As cancións de mariñeiros que falan de liberdade escríbeas xente de terra”, no valor de 1.500 euros.

De acordo com a agência Lusa, os trabalhos premiados inserem-se nas 30 obras selecionadas pelo júri, que encerra hoje em Mirandela e percorrerá, até agosto, espaços expositivos das cidades de Barcelos, Viana do Castelo, Monforte de Lemos, Maia e Deputación de Ourense.

A exposição das obras presentes a concurso conta com uma vasta diversidade a nível de estética, linguagem e técnica, que foram selecionadas pelo júri presidido por Antón Pulido e composto por Carlos López Bernárdez, Helena Mendes Pereira, Patrícia Oliveira e, pela vencedora da última edição, Fátima Teles.

Unificando 37 localidades portuguesas e espanholas, o Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular é uma entidade que visa apoiar iniciativas que promovam a cooperação entre os territórios vizinhos, Portugal e Espanha.

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.