Domingo, 22 de Maio de 2022

Um ciclone em 41 e um terramoto em 69

Um ciclone (em 1941) e um terramoto (em 1969, muitos leitores ainda se hão de lembrar dele) ocorreram no mês de fevereiro. Um e outro causaram muitos estragos e o ciclone matou uma centena de pessoas, de norte a sul de Portugal, acrescentando a esse número muitas centenas de feridos

O CICLONE

O jornal “O Primeiro de Janeiro” de 16 de fevereiro desse ano (domingo, dia a seguir ao vendaval) reportava:
“Os prenúncios da catástrofe começaram a adivinhar-se quando no Governo Civil do Porto decorria a cerimónia de cumprimentos ao novo governador, o Dr. António Augusto Pires de Lima. O dia escureceu bruscamente, as árvores começaram a sacudir os seus ramos de forma agressiva, alguns trovões fizeram-se ouvir. De repente, as comunicações telefónicas e telegráficas avariaram quase totalmente”.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.