Quarta-feira, 4 de Agosto de 2021
©DR

Vencedores do concurso escolar “Uma Viagem por terras de Nadir”

Já são conhecidos os vencedores do Concurso Escolar “Uma Viagem por terras de Nadir...”, iniciativa inserida nas comemorações do centenário do nascimento de Nadir Afonso.

-PUB-

Já são conhecidos os vencedores do Concurso Escolar “Uma Viagem por terras de Nadir…”, iniciativa inserida nas comemorações do centenário do nascimento de Nadir Afonso e que teve como objetivo principal incentivar os alunos do ensino básico, ensino secundário ou equivalente e educação especial do Alto Tâmega a envolverem-se no conhecimento do património cultural e artístico, através da criação de trabalhos originais que retratassem a vida e obra de Nadir Afonso.

Ao todo foram entregues 16 trabalhos representativos de cinco escolas da região do Alto Tâmega. Entre os trabalhos apresentados destacam-se a criação de quadros e de portefólios digitais, com vídeos, fotografias e textos alusivos ao percurso profissional de Nadir.

O júri elegeu a turma do 3ª A, do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro, como vencedora do 1º ciclo. Quanto ao 2º e 3º ciclos, as grandes vencedoras foram as turmas do 6º G, da Escola Nadir Afonso, do Agrupamento de Escolas Júlio Martins, e do 7º A, 7º B e 8º B, do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro, respetivamente.

Além disso, o júri atribuiu menções honrosas às turmas do 2º A (1º ciclo) e 8º A (3º ciclo), do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro e aos alunos do 6º A (2º ciclo), da Escola Básica e Secundária do Baixo Barroso, do Agrupamento de Escolas Dr. Bento da Cruz.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.