Sábado, 4 de Fevereiro de 2023
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Vila Real dá as boas-vindas a 2023 ao som de Quim Barreiros

A cidade de Vila Real entra, hoje, no espírito da época natalícia, com o arranque de mais uma edição da "Bila Natal". Quim Barreiros atua na última noite do ano.

-PUB-

Por estes dias, um pouco por toda a região, a magia do Natal invade as ruas das cidades, aldeias e também o comércio.

Em Vila Real, a inauguração da iluminação de Natal, agendada para esta quinta-feira, marca o arranque oficial da programação da “Bila Natal 2022”.

A partir de hoje, as luzes de Natal dão cor à cidade que, no sábado (3), acolhe a já tradicional Feira de Outono, onde marcam presença as escolas do concelho. Segue-se a Mostra de Freguesias (9, 10 e 11) e o Mercado de Natal (16, 17 e 18). Iniciativas que, de acordo com o município, “trarão à Praça do Município a habitual animação e convívio à volta dos produtos de época”.

A animação de rua será, também, uma constante com atividades dirigidas aos mais pequenos, com o “Natal ao Centro” a dar música nos dias 10, 11, 17 e 18 de dezembro.

E no último dia no ano, onde haverá o habitual Madeireiro de Ano Novo, Quim Barreiros junta-se à festa para dar as boas-vindas a 2023. A sua atuação, que acontecerá na Praça do Município, culminará com uma sessão de fogo de artifício, à meia-noite. A festa continua, depois, com o DJ Alvim.

Da programação de Natal consta, ainda, a habitual Mostra de Presépios das Freguesias, a que se junta o Passeio de Pais Natal Motards (dia 17) e o Concerto de Natal, pelo Coral da Cidade de Vila Real e Coro Juvenil de Abaças (dia 19).

A “Bila Natal 2022” termina a 7 de janeiro com a XVI Corrida de São Silvestre.

PROGRAMA COMPLETO AQUI

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.