Sábado, 21 de Maio de 2022

Vila Real e Bragança sob aviso amarelo devido ao frio

Sete distritos do continente estão hoje sob aviso amarelo devido ao frio, subindo no sábado para 15 devido à persistência de valores baixos da temperatura mínima, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou hoje sob aviso amarelo os distritos de Braga, Vila Real, Bragança, Guarda, Leiria, Santarém e Setúbal até às 11:00 de domingo.

O aviso amarelo devido ao tempo frio estende-se no sábado aos distritos de Viana do Castelo, Porto, Aveiro, Viseu, Coimbra, Castelo Branco, Portalegre e Évora, também até às 11:00 de domingo.

O IPMA emitiu também aviso amarelo para o distrito de Faro entre as 12:00 de sábado e as 17:00 de domingo devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de sueste com 2 a 2,5 metros.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que a situação meteorológica representa risco para determinadas atividades.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se geralmente muito nublado em alguns locais do nordeste transmontano e Beira Alta, até ao final da manhã com possibilidade de formação de neblina ou nevoeiro.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante leste, soprando moderado a forte nas terras altas, em especial do Norte e Centro, com rajadas até 70 quilómetros por hora.

A previsão aponta ainda para formação de geada, em especial no interior, pequena subida da temperatura mínima no litoral oeste e descida da máxima, em especial nas regiões do Norte e Centro.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os -3 graus Celsius na Guarda e os 8 em Aveiro e as máximas entre os 5 na Guarda e os 16 em Faro e Setúbal.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

Homem encontrado morto em casa

PREMIUM

Um lar a que todos chamam casa

Homem morre em colisão

Homem morre afogado em Valdanta

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.