Sexta-feira, 12 de Abril de 2024
No menu items!

Vítor Campelos confiante para receber e vencer o Benfica

O treinador do Desportivo de Chaves mostrou-se hoje confiante para a receção ao Benfica, da 28.ª jornada da I Liga de futebol, garantindo que a equipa quer mostrar “uma imagem diferente” da transmitida no encontro da primeira volta.

-PUB-

Depois do ‘nulo’ em Barcelos (0-0), o Desportivo de Chaves, 12.º classificado, com 33 pontos, defronta o líder Benfica, com 71, em Trás-os-Montes, num encontro que Vítor Campelos acredita que será “diferente” do que culminou numa goleada sofrida no Estádio da Luz (5-0), em outubro do ano passado.

“Queremos demonstrar que, na primeira volta, não estivemos tão bem em determinados momentos e queremos dar uma imagem diferente. Está em perspetiva um bom jogo e tudo iremos fazer, como é óbvio, respeitando muito o adversário, para ficar com os três pontos”, vincou Vítor Campelos na antevisão ao encontro.

O técnico acredita estarem “reunidas todas as condições” para que este seja “um bom jogo”, desvalorizando as duas derrotas que os ‘encarnados’ averbaram nos últimos dias, com o FC Porto (2-1), na ronda anterior do campeonato, e com o Inter Milão (2-0), na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões.

“Essa questão do Benfica vir com duas derrotas e sob alguma pressão é o copo meio cheio e meio vazio. Vamos ver a forma como vão estar e como se vão apresentar. Muitas das vezes, é certo que pode levar para o lado do nervosismo, como também pode ser um fator de motivação extra para eles, de também quererem retificar aquilo que foram os últimos dois jogos”, frisou.

Para Vítor Campelos, “o mais importante” é aquilo que a sua equipa “pode fazer”, assumindo estar “confiante” nas “capacidades” dos jogadores transmontanos.

Quanto à posição “confortável” do Desportivo de Chaves na tabela classificativa, a sete jornadas do final da época, Vítor Campelos acredita que tem de “jogar a favor” da equipa flaviense que quer “fazer o maior número de pontos possível até ao final do campeonato”.

“Nós temos uma primeira meta, chegar aos 35 pontos. Temos 33, queremos chegar aos 35 o mais rápido possível a essa meta e a forma de chegarmos lá é já no próximo jogo, contra o Benfica”, referiu.

Para esta tarefa, o técnico vimaranense não poderá contar com Arriba, Obiora e Gonçalo Pinto, ainda lesionados, nem com Sandro Cruz, que está cedido pelas ‘águias’.

O Desportivo de Chaves recebe o Benfica, no sábado, às 18:00, no Estádio Municipal Engenheiro Manuel Branco Teixeira, em encontro que será arbitrado por João Pinheiro, da Associação de Futebol de Braga.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

MAIS ARTIGOS

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS