Sexta-feira, 12 de Abril de 2024
No menu items!

Alunos apresentaram-se ao “mais alto nível”

Foi num ambiente de verdadeira camaradagem que decorreu o II Torneio de Xadrez do Peso da Régua.

-PUB-

Dezasseis finalistas do primeiro ciclo do ensino básico, dos Centros Escolares das Alagoas e da Alameda, deram provas de aprendizagem e de dedicação ao xadrez.

Ao longo do ano letivo, a Câmara de Peso da Régua continuou a dinamizar o xadrez junto dos alunos do primeiro ciclo. Esta é, sem dúvida, uma aposta ganha e por isso, ficou, desde já, encontro marcado para 2024.

Na plateia, estiveram o vereador da Câmara Municipal, Rui Teixeira, a adjunta do presidente da Câmara Municipal, Mónica Valente, o diretor do Agrupamento de Escolas João de Araújo Correia, Salvador Ferreira, o adjunto da direção Agrupamento de Escolas, Alberto Ferreira, a coordenadora do Centro Escolar das Alagoas, Alice Gonçalves, a coordenadora do Centro Escolar da Alameda, Rosa Correia, os alunos semifinalistas do 2.º Torneio de Xadrez e os encarregados de educação dos alunos em competição.

Na entrega de prémios, Rui Teixeira, vereador da câmara, destacou o “empenho dos alunos e a forma brilhante como cada dupla disputou o jogo”, deixando o repto para que as férias sejam aproveitadas para ensinarem as famílias a jogar.

Deixou ainda um agradecimento aos professores que coordenam o xadrez, Tó Félix, Márcio Mota, Diogo Jesus e Helena Pereira, pelo trabalho desenvolvido ao longo do ano letivo.


VENCEDORES DO TORNEIO

CENTRO ESCOLAR DAS ALAGOAS
1º ANO
1º Maria Inês Sales
2º David Pereira

2º ANO
1º Tomás Rocha
2º Diego Rodrigues

3º ANO
1º Simão Rebelo
2º Gabriel Lys

4º ANO
1º Ana Monteiro
2º Eduardo Monteiro

CENTRO ESCOLAR DA ALAMEDA
1º ANO
1º António Cruz
2º Carlota Xavier

2º ANO
1º Mateus Teixeira
2º Mafalda Coelho

3º ANO
1º Carolina Ribeiro
2º Salvador Silva

4º ANO
1º João Tomás Carvalho
2º David Barros

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

MAIS ARTIGOS

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS