Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2022
©DR

Diogo Correia conquista “Elo Fide”

O Clube Amador de Mirandela (CAMir) participou no “I Open de Xadrez da Maia - Natal 2021 Absoluto” e no “I Open de Xadrez da Maia - Natal 2021 Sub-12”, organizados pela Academia de Xadrez da Maia, com uma comitiva de seis atletas e um oficial.

-PUB-

Realizados no Hotel Premium Porto Maia, estes torneios de semirrápidas (15m + 5s incremento, por jogador) contaram com 7 sessões, onde participaram 96 atletas, no torneio absoluto, e 44 atletas, no torneio Sub-12.

No torneio Absoluto, o CAMir colocou cinco atletas em jogo: Beatriz Feliciano, Diogo Correia, João Freitas, Martim Conde e Rodrigo Ermida. Da comitiva do CAMir, o destaque vai para Diogo Correia que conquistou 3 pontos em 7 possíveis e alcançou, assim, elo FIDE (Federação Internacional de Xadrez), passando o CAMir a contar com mais um atleta com esta pontuação.

O elo FIDE é um método estatístico utilizado para se calcular a força relativa entre jogadores de xadrez, inventado pelo físico húngaro-americano Arpad Elo.

No “I Open de Xadrez da Maia – Natal 2021 Sub-12”, o CAMir contou com a participação de Leonor Feliciano que conquistou 3 dos 7 pontos possíveis, numa prestação positiva da atleta do CAMir.

O “I Open de Xadrez da Maia – Natal 2021 Absoluto” foi vencido pelo Grande Mestre Duany Lelys, do Grupo Desportivo Dias Ferreira, enquanto Tiago Frutuoso, do clube EXP – Efanor, conquistou o 1.º lugar do “I Open de Xadrez da Maia – Natal 2021 Sub-12”.

Todos os resultados e classificação em:

Torneio Absoluto:
https://chess-results.com/tnr592050.aspx?lan=10&art=1&rd=7&turdet=YES&flag=30

Torneio Sub-12:

https://chess-results.com/tnr593046.aspx?lan=10&art=1&rd=7

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.