Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2023
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Alunos sensibilizados para a literacia nos media

"Da redação para as escolas". Assim se chama o programa levado a cabo pela Associação Literacia para os Media e Jornalismo.

-PUB-

Patrícia Posse, formada em jornalismo e ciências da comunicação pela Universidade do Porto, e atualmente a trabalhar no gabinete de comunicação e imagem da UTAD, esteve no Agrupamento de Escolas Diogo Cão no âmbito do programa “Da redação para as escolas”.

Da responsabilidade da Associação Literacia para os Media e Jornalismo, este programa permitiu aos alunos participarem em workshops sobre a temática do jornalismo.

“Os alunos, de três turmas do 7º ano, tiveram a oportunidade de “entrar na pele de um jornalista” e assim perceberem toda a dinâmica da produção de notícias, numa redação de jornal”, explica o agrupamento, acrescentando que “a par da aprendizagem de vários conceitos inerentes à área do jornalismo, os alunos puderam refletir e trabalhar em grupo, criando conteúdos informativos para o hipotético jornal “O navegador”, fazendo-se aqui uma alusão/ homenagem ao grande navegador que dá nome a esta escola”.

Esta iniciativa, cujo principal objetivo passou por desenvolver a literacia mediática junto dos alunos do 7º ano, “enquadrou-se na Estratégia de Educação para a Cidadania na Escola, domínio dos Media, em articulação com a disciplina de Português, que também aborda estes conteúdos”, refere o agrupamento.

“A resposta entusiástica dos alunos às atividades propostas foi a prova de que iniciativas desta natureza são do seu agrado, confirmando-se a sua importância na formação integral dos jovens, enquanto indivíduos e futuros adultos, pensadores e criadores críticos e ativos”, conclui.

 

 

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.