Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2023
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Alunos vila-realenses participam em casting de cinema

No âmbito do plano de atividades do Plano Nacional de Cinema (PNC) e do Plano Nacional das Artes (PNA) do Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus (AEMM), a equipa de pré-produção DVEIN Films apurou 164 alunos para entrevistas que tiveram lugar no final de novembro.

-PUB-

Foi feita uma seleção de jovens do 9º até ao 12ºano, com gosto pelo audiovisual, fotografia, teatro e videojogos, sendo que o projeto final coincide com a participação

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

na longa-metragem “Ontem à Noite Conquistei Tebas”, um filme que será realizado, este ano, por Gabriel Azorín, numa coprodução entre Portugal, França e Espanha.

O AEMM viu cinco alunos serem escolhidos pela DVEIN Films para participarem no workshop, em Braga, momento para o qual foram acompanhados por Fernando Pereira, coordenador PNC.

De acordo com Fernando Pereira, o workshop “foi da responsabilidade das produtoras Primeira Idade (Portugal), DVEIN Films (Espanha), Filmika Galaika (Espanha) e La Fabrica Nocturna Cinéma (França)” e contou com “o apoio do ICAA (Instituto Nacional de Cinema Espanhol), do AGADIC (Instituto Regional Galego de Cinema) e da Rádio Televisão Portuguesa (RTP)”.

“O evento foi conduzido, entre outros, por Carlos Pardo, Celso Giménez, co-autor do filme e pelo realizador, Gabriel Azorín”, adianta.

Sobre o filme, “remete-nos para dois rapazes portugueses, com 16 e 17 anos, António e o seu melhor amigo, Jota. Numa tarde muito fria de inverno decidem sair com os seus amigos e atravessam a fronteira para tomarem banho nas antigas fontes termais romanas. Lá encontram vários grupos de jovens que vieram ali passar a tarde. Uns procuram descanso, outros, diversão; cada um aproveita a água à sua maneira. Mas há algo estranho nessas fontes termais. É como se a água influenciasse o humor de todos os que ali tomam banho. Ao cair da noite, quando as pessoas já se foram embora e não há vestígios do nosso mundo contemporâneo, António confessa a Jota que se tem sentido estranho ultimamente e que tem medo que deixem de ser amigos. É então que descobrimos que estão ali a tomar banho outros rapazes. São os soldados romanos que construíram as termas. Entre eles estão Aurelio e Pompeyo, dois jovens soldados que devem tomar uma decisão que marcará o resto das suas vidas: desertarem juntos ou separarem-se para sempre. Apesar de estarem distantes por mais de 2000 anos, António e Aurélio partilham um medo: perder para sempre o seu melhor amigo”, conta o coordenador.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.