Terça-feira, 28 de Setembro de 2021

Autarca em Valpaços durante 28 anos é candidato do PSD a Chaves

Francisco Tavares, que presidiu à Câmara de Valpaços durante 28 anos, entre 1985 e 2013, é o candidato do PSD à Câmara de Chaves, foi hoje anunciado.

-PUB-

A concelhia do PSD Chaves, no distrito de Vila Real, divulgou em comunicado o perfil do candidato anunciado pelo líder dos sociais-democratas, Rui Rio, numa conferência de imprensa que decorreu hoje em Coimbra, onde divulgou 51 nomes de candidatos às autárquicas homologados pela direção nacional.

Francisco Batista Tavares, de 65 anos, engenheiro civil e licenciado em Direito, foi presidente da Câmara de Valpaços, também no distrito de Vila Real, entre 1985 e 2013.

A Câmara de Chaves é atualmente, e desde 2017, liderada pelo socialista Nuno Vaz, que conquistou a autarquia após 16 anos de governação social-democrata.

O agora candidato do PSD foi eleito deputado na Assembleia da República na VIII legislatura [entre 1999 e 2002], tendo “ocupado o lugar durante um período, regressando novamente à Câmara de Valpaços”.

Em 2013, impedido pela lei de se recandidatar ao cargo de presidente da Câmara (devido à legislação de limitação de mandatos a três seguidos), foi presidente da Assembleia Municipal de Valpaços.

O social-democrata “desempenhou vários cargos como dirigente partidário, a nível local, regional e nacional, ocupou também vários cargos na administração local e regional”.

“Foi agraciado com a Ordem de Mérito, pelo Presidente da República em 2014. Obteve reconhecimento a nível nacional, pelo Corpo Nacional de Escutas, sendo atribuída uma medalha de mérito, também a Liga dos Bombeiros reconheceu o seu trabalho honrando também com uma medalha a nível nacional. Recebeu medalha de reconhecimento nacional no apoio às Misericórdias”, destacou o PSD Chaves no comunicado.

Após ter terminado o mandato como autarca em Valpaços em 2013, Francisco Tavares ingressou “ainda no mesmo ano na Faculdade de Direito, onde conclui a licenciatura de Direito, estando a aguardar o exame de Agregação à Ordem dos Advogados”.

Natural de Ferreiros, freguesia de Lebução, concelho de Valpaços, Francisco Tavares, de 65 anos, tem raízes em Chaves.

“O seu avô paterno, Mário Tavares, nasceu em Chaves, onde viveu, tendo emigrado para os Estados Unidos da América. Seu avô paterno era filho de José Manuel Tavares, um ilustre comerciante em Chaves e natural da mesma cidade e de Maria Teresa Pimentel, natural de Lamadarcos. Também a sua avó Materna, Teresa Batista, era natural de Santo Estevão, Chaves e, só depois de casar foi viver para a freguesia de Lebução”, acrescentou o PSD Chaves.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.