Quarta-feira, 24 de Abril de 2024
No menu items!

Bispo convida comunidade para participar no processo sinodal

A Igreja continua em pleno percurso sinodal, um verdadeiro tempo de graça e oportunidade de dar passos efetivos de renovação.

-PUB-

A XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que teve lugar em Roma, na conclusão dos trabalhos, os participantes enviaram uma Carta ao Povo de Deus e divulgaram um Relatório de Síntese, com o título “Uma Igreja Sinodal em Missão”.

Em dezembro, o Secretariado Geral do Sínodo enviou orientações às dioceses sobre os passos a dar nos próximos meses na preparação da Assembleia de outubro de 2024, cumprindo o caminho desejado e proposto pelo Papa Francisco em 2021. Esta próxima fase vai desenrolar-se a nível das igrejas locais até ao mês de março e destina-se a aprofundar alguns aspetos do Relatório de Síntese e a alargar as experiências de sinodalidade. “Não se trata de começar do zero ou de repetir o processo que caraterizou a primeira fase”, mas de suscitar nos vários órgãos de participação a nível diocesano, nas comunidades e grupos, um aprofundamento acerca de como aplicar algumas das propostas referidas no Relatório.
A partir destas orientações gerais, a Equipa Sinodal Diocesana elaborou uma proposta e um calendário, bem como uma ficha de trabalho para ajudar a uma melhor organização desta fase. No final de março, esta equipa fará uma síntese que enviará à Conferência Episcopal Portuguesa.

O Bispo de Vila Real pede aos cristãos da diocese a participar neste novo passo do caminho sinodal. “Aos Ministros Ordenados, em particular aos Párocos, aos Consagrados e Consagradas, aos responsáveis dos vários Movimentos Laicais, instituições e organismos ligados à Igreja, peço um forte empenhamento neste processo. Seria muito positivo que se realizasse em cada arciprestado uma reunião sinodal com leigos e clero de forma a preparar uma Assembleia Sinodal Diocesana no dia 25 de fevereiro, tendo por base o Conselho Diocesano de Pastoral”.

Tomando parte neste caminho sinodal de toda a Igreja, “estaremos, como diocese, a ‘Caminhar juntos e a renovar a esperança’, a construir uma Igreja mais viva, mais participativa, com um rosto mais acolhedor e um espírito de maior comunhão e fraternidade”, sublinha António Augusto Azevedo.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.