Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2022

Bruno esteve às portas da morte por causa de um chá

À venda em farmácias e em supermercados, os suplementos alimentares parecem produtos inofensivos, mas escondem vários perigos, nomeadamente para o fígado. Bruno Pinto esteve às portas da morte e há quem considere o seu caso um verdadeiro milagre.

-PUB-

Aos 29 anos, e depois de praticar desporto durante muito tempo, no Exército, Bruno Pinto foi colocado num cargo administrativo. Mais sedentário, acabou por ganhar peso.

“Fiquei muito parado e acabei por ganhar peso”, frisa, lembrando que “houve alguém que me disse para tomar um chá que ajudasse o intestino a trabalhar melhor”.

E assim foi. Dirigiu-se a uma das farmácias de Vila Real e pediu ajuda. “Vim cá de fim de semana e fui àquela que considero ser a melhor farmácia da cidade, onde pedi um chá que me ajudasse com a digestão”, conta, acrescentando que “a farmacêutica recomendou-me um chá, que até achei muito caro. Custava cerca de 80 euros, mas como era para beber durante um mês, de manhã e à noite, decidi comprar. Eu que sempre fui contra essas coisas”.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.