Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022
© DR

Câmara Municipal torna-se membro fundador da Fundação de Serralves

O Município de Lamego tornou-se membro fundador da Fundação de Serralves, ao abrigo de um protocolo de cooperação estabelecido entre as duas instituições, assinado recentemente.

-PUB-

Para além desta nova atribuição, o acordo vem estabelecer uma parceria entre ambas as instituições com o objetivo de divulgar e promover a arte entre a comunidade lamecense, nomeadamente através da realização de diversas atividades culturais e ambientais.

Francisco Lopes, presidente da Câmara Municipal de Lamego, sublinha “a importância desta parceria na realização de vários projetos culturais comuns, mas também no âmbito da implementação de iniciativas de cariz pedagógico e de sensibilização ambiental”, realçando que “para Lamego, será uma excelente oportunidade para acolher exposições e eventos culturais únicos, com a chancela de Serralves, e também reforçar a notoriedade do nosso concelho a nível nacional. Por outro lado, importa ainda salientar que este acordo vai permitir à população um contacto mais próximo com diversas iniciativas artísticas e criadores portugueses e estrangeiros, o que será também uma forma de ampliar e fomentar os seus hábitos culturais”.

Como fundador de Serralves, o Município de Lamego terá acesso a um conjunto de ações relacionadas com este novo estatuto e que se traduzem numa programação específica adaptada à comunidade local e que engloba a promoção da cultura contemporânea e da sensibilização ambiental, associadas as outras competências especializadas da Fundação de Serralves.

O protocolo foi assinado entre o presidente da Câmara Municipal de Lamego, Francisco Lopes, e a presidente do Conselho de Administração da Fundação de Serralves, Ana Pinho, numa cerimónia que contou ainda com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e da Ministra da Cultura, Graça Fonseca.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.