Terça-feira, 27 de Julho de 2021

Chuva forte e granizo provocaram inundações em Vila Real

Ao final da tarde de ontem, a chuva forte e a queda de granizo voltaram a fazer das suas em Vila Real. Há registo de várias inundações e quedas de árvores.

-PUB-

Foi um final de tarde vivido em sobressalto em Vila Real. Esta sexta-feira, a queda de granizo e a chuva forte provocaram inundações em várias ruas da cidade, garagens e outros edifícios, como ginásios e o mercado municipal.

Nas redes sociais, começaram,  desde logo, a ser partilhados vídeos de estradas alagadas. Mas o caso que mais tem dado que falar é do Mercado Municipal.

Da loja Flores Iolanda chegou um vídeo que mostrou aquilo que aconteceu no interior do edifício, acompanhado por um texto que explica que “muitas lojas foram inundadas, inclusive a nossa. É uma situação recorrente há anos, mas nunca tão grave como hoje”.

A Voz de Trás-os-Montes partilhou um desses vídeos e a reação da autarquia chegou poucos tempo depois. Nos comentários,  o presidente Rui Santos lamentou o sucedido, lembrando que “o Mercado Municipal está em obras”  e que as “diras obras ainda não estão concluídas nem rececionadas”.

“Estão já a ser feitas diligências necessárias,  não só para avaliar os estragos,  mas também para garantir a segurança de todos” acrescenta.

De acordo com o CDOS de Vila Real, foram registadas algumas inundações e quedas de árvores, situações que foram “rapidamente resolvidas”.

Segundo Orlando Matos,  comandante dos bombeiros da Cruz Branca, os principais constrangimentos aconteceram em vias que estão a ser intervenciodas.

“Como ainda estão em construção,  a súbita queda de água causou o arrastamento de materiais para a via”, referindo que “houve também um despiste, fruto do mau tempo”, mas do qual não houve feridos.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.