Sexta-feira, 2 de Dezembro de 2022
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Dois anjos do séc. XVII expostos na Concatedral de Miranda

O núcleo expositivo da Concatedral de Miranda do Douro passou a contar com duas peças de arte sacra do século XVII que foram restauradas e que podem ser apreciadas pelo público.

-PUB-

“Este par de anjos, exemplares de finais do século XVII, em escultura de madeira dourada e policromada com decoração vegetalista e floral, vêm juntar-se ao espólio já existente no núcleo museológico da Concatedral de Miranda do Douro”, disse a diretora da Concatedral de Miranda do Douro, Celina Pinto.

A mostra patente no núcleo expositivo daquele templo reúne a parte mais significativa do espólio da antiga Sé Catedral de Miranda do Douro, incluindo o conjunto pictórico conhecido por “Calendário da Sé”, calendário flamengo, pintado por Pieter Balten (c.1527-1584).

“A exposição, além de cumprir o objetivo de salvaguarda, conservação e valorização do património, afirma a relevância, a vitalidade e o potencial cultural do que foi a Diocese de Miranda”, frisou Celina Pinto.

O espaço, que atualmente aloja a exposição de arte sacra, encontra-se instalado numa das antigas sacristias da antiga Sé de Miranda do Douro.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.