Terça-feira, 29 de Novembro de 2022

Dois jovens detidos por tráfico de droga

A PSP deteve dois jovens residentes na cidade de Mirandela, um com 22 anos e outro com 19 anos, por tráfico de produto estupefaciente.

-PUB-

Em comunicado, o Comando Distrital de Bragança explica que “no início da noite de domingo, os polícias verificaram movimentações suspeitas dos indivíduos já referenciados tendo, posteriormente, pela madrugada, intercetado os indivíduos quando estes entravam na cidade de Mirandela numa viatura ligeira”.

Aquando da abordagem policial, os suspeitos tentaram “desfazer-se do produto estupefaciente, tendo atirado um objeto para o exterior da viatura. De pronto, e após uma breve busca no local, foi localizado o referido objeto verificando tratar-se de uma placa de produto suspeito de ser estupefaciente, nomeadamente haxixe”, acrescentou a PSP.

Por haver fortes indícios que pudessem ocultar na sua posse ou no interior da viatura outros objetos relacionados com o ilícito, a PSP procedeu a uma “revista pessoal, seguida de uma busca à viatura em que se faziam transportar”. Em resultado destas diligências foram apreendidos aos suspeitos 101,8 g de haxixe, que correspondem a 201,70 doses individuais, um moinho com resíduos de estupefaciente, dois telemóveis pessoais, uma faca utilizada para corte do produto estupefaciente e uma viatura utilizada para deslocação e transporte dos suspeitos.

Foram detidos e “face à gravidade dos factos de que estão indiciados”, recolheram aos quartos de detenção das instalações policiais para serem presentes a primeiro interrogatório judicial.

Após a sua apresentação perante o juiz de Instrução Criminal do Tribunal de Mirandela foram-lhe aplicadas como medidas de coação “obrigação de apresentações bissemanais no posto policial da residência e proibição de frequentar locais conotados com tráfico e consumo de estupefacientes”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.