Quinta-feira, 21 de Outubro de 2021

Escola de Pedras Salgadas com dois pódios

Decorreu, durante o dia de sábado, no Pavilhão Municipal de Bombarral, em 7 jornadas, o Campeonato Nacional de Jovens, competição que reuniu 272 jovens que disputaram os títulos nacionais em 7 escalões etários, desde os sub 8 aos sub 20. A Escola de Pedras Salgadas, clube que se filiou pela primeira vez na Federação Portuguesa de Xadrez na temporada passada, participou pela 1ª vez numa competição nacional e logo com resultados significativos, alcançando 2 lugares no pódio: Agna Gabriel, que se sagrou campeã nacional de sub 20 e Mariana Pinto que foi 3ª em sub 10.

-PUB-

A mirandelense Agna Gabriel, estudante universitária em Lisboa, que esta época se transferiu do Benfica de Vila Pouca de Aguiar para a Escola das Pedras Salgadas, obteve o 4º título nacional em 4 anos consecutivos. Agna, que na época passada tinha sido campeã pelo Benfica de Vila Pouca de Aguiar e nos 2 anos anteriores pelo Clube Amador de Mirandela. O outro pódio foi conquistado sensacionalmente por Mariana Pinto, no escalão de sub 10, que terminou a competição na 3ª posição, registando 5 vitórias e duas derrotas. Neste escalão, assinalou-se um grande equilíbrio, com as 3 primeiras classificadas a terminaram com os mesmos pontos, com a Mariana a cumprir o 1º ano no escalão de sub 10 e com um ano de prática na modalidade, não teve sorte na lotaria do desempate e viu-se relegada para a 3ª posição.

A campeã nacional foi Cristina Martins de Mirandela, que venceu pela 3ª vez consecutiva. Neste mesmo escalão, Tânia Yé de ascendência chinesa, foi 6ª classificada, tendo numa das jornadas derrotado a colega de clube Mariana. Tânia Yé, recentemente no Torneio Jovem de Mangualde derrotou a campeã Cristina Martins. Em Sub 8, Diogo Lopes fez uma prova razoável terminando na 16ª posição, enquanto Hugo Rodrigues, em sub 12, concluiu em 42º. Começa assim a surtir efeito a aposta da direcção do Agrupamento das Pedras Salgadas no xadrez, através das Actividades de Enriquecimento Curricular, abrangendo todos os alunos do 1º ciclo, do Desporto Escolar e do “Clube de Xadrez”, como também a presença do Mestre ucraniano Roman Chemerys no concelho de Vila Pouca de Aguiar, desde há pouco mais de um ano e que vai treinando os mais capazes.

Anualmente, disputam-se os Campeonatos Nacionais de Jovens em duas vertentes, no ritmo “semi-rápido” como foi o caso agora de Bombarral e no ritmo “clássico” ou “lento” que se realiza normalmente nas férias escolares da Páscoa, durante 5 dias, apurando os vencedores para os Campeonatos do Mundo ou da Europa de Jovens. O ritmo clássico é o que é usado nas grandes competições nacionais e mundiais. Espera-se então que na Páscoa, com mais meio ano de trabalho os resultados atinjam maior brilhantismo. Entretanto, em Dezembro, vai iniciar-se o Campeonato Nacional da 3ª divisão que terá a participação da Escola de Pedras Salgadas, campeão distrital de Vila Real na época passada, que se irá apresentar com uma equipa muito jovem.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.