Terça-feira, 29 de Novembro de 2022

“Feira dos Stocks” está de regresso

A edição de inverno da "Feira dos Stocks" está de regresso após um ano de interregno por força da pandemia. O certame decorre no Mercado Municipal de Vila Pouca de Aguiar até amanhã

-PUB-

Promovida pela Associação Empresarial do Corgo (AECorgo), com o apoio do município aguiarense, a “Feira dos Stocks” arrancou ontem (11) e decorre até amanhã, no Mercado Municipal da vila.

De acordo com Gina Ferreira, da AECorgo, “esta é uma forma de os comerciantes escoarem os stocks que sobraram dos saldos. Ou seja, os visitantes poderão encontrar preços muito atrativos, da roupa de bebé aos acessórios de moda e calçado”.

Ao todo, o certame conta com oito comerciantes locais e com cerca de uma dezena de expositores, onde não faltam os doces e a oferta de um balão a todas as crianças que visitem a feira. Não existe, porém, “a habitual animação. Achámos por bem, ter, apenas, música ambiente”, explicou Gina Ferreira.

Nesta edição foi retomado “o sorteio de prémios. Por cada compra igual ou superior a 15 euros, o visitante tem direito a uma rifa através da qual se habilita a ganhar 20 euros em compras nos estabelecimentos aderentes. O sorteio realizar-se-á amanhã (13) e os três vencedores serão contactados na segunda-feira”.

Apesar das condições meteorológicas adversas “que acabam por diminuir, de certa forma, a afluência, a Feira está a correr bastante bem. Se o contexto pandémico se mantiver nos moldes atuais, de 19 a 21 de agosto teremos a edição de verão da “Feira dos Stocks””, avançou Gina Ferreira.

O certame estará de portas abertas até às 22h de hoje e, amanhã, entre das 10h às 18h.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.