Sábado, 2 de Julho de 2022

Fernando Queiroga “surpreendido” no aniversário dos bombeiros

Numa cerimónia simples, mas com repleta de grande simbolismo e muita participação da população, as festividades tiveram início com o habitual hastear da bandeira, ao som do Hino Nacional.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Boticas (AHBVB) comemorou, no domingo, o seu 51º Aniversário, num dia de festa não só para a instituição, mas também para todo o concelho, que pôde celebrar a data festiva depois do interregno de dois anos devido à pandemia de Covid-19.

Numa cerimónia simples, mas repleta de simbolismo e com grande participação da população, as festividades tiveram início com o hastear da bandeira, ao som do hino nacional, seguindo uma homenagem aos bombeiros e dirigentes já falecidos, nos cemitérios de Boticas, Granja e Sapiãos.

Seguiu-se a formatura na parada e a “revista” à mesma, pelo presidente da câmara, um momento que contou ainda com a participação da Fanfarra dos Bombeiros da Cruz Branca  de Vila Real. Ainda durante a parada, foram feitas condecorações aos bombeiros com mais de 5, 10, 15, 20 e 25 anos de serviço.

“É gratificante ver a união e companheirismo que existe entre todos”

Contudo, o ponto alto acabou por ser a atribuição do Crachá de Ouro da Liga dos Bombeiros Portugueses ao presidente da Câmara de Boticas, também presidente da AHBVB.

Fernando Queiroga foi “apanhado” de surpresa e viu reconhecidos “os atos e serviços relevantes de inquestionável contributo para a dignificação da causa dos bombeiros”, sendo “um acérrimo embaixador dos bombeiros”. O momento mereceu uma ruidosa ovação de todos os presentes, que aplaudiram o ato de pé. em reconhecimento pela justiça da mesma, que lhe foi imposta pelo seu pai, Acácio Queiroga.

Visivelmente emocionado, Fernando Queiroga, que recebeu o crachá das mãos do seu pai, Alfredo Queiroga, aproveitou para dirigir uma palavra aos presentes, destacando o trabalho “exemplar que os homens e as mulheres desta corporação prestam às populações durante todo o ano”.

“É gratificante ver a união e companheirismo que existe entre todos”, frisou, mostrando-se, contudo, preocupado “pelos meses difíceis que se aproximam, num verão que se prevê muito quente e seco, criando um cenário propício aos incêndios rurais, que irá exigir muito dos bombeiros”.

Fernando Queiroga distinguido ©DR

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.