Segunda-feira, 16 de Maio de 2022

Filandorra assinala Dia Mundial do Teatro em vários palcos da região

Na semana em que se assinala o Dia Mundial do Teatro, a Filandorra prepara-se para “celebrar” o teatro enquanto arte universal nos palcos da região do Interior Norte, com a representação de autores de referência da literatura universal como Irmãos Grimm, Gil Vicente e Almeida Garrett, nos palcos de São João da Pesqueira, Vila Nova de Foz Côa, Lamego e Vinhais, promovendo a arte do teatro junto de todos os públicos.

Amanhã, a Filandorra vai “instalar-se” no Centro Social e Paroquial de Trevões e de Castanheiro do Sul, em São João da Pesqueira, e representar para os idosos o espetáculo “Os Músicos da Aldeia”, com base no conto dos Irmãos Grimm. “Fazer com que voltem a sonhar a partir da alegria do teatro e reviver com a sua sabedoria os tempos de criança” é o mote da iniciativa que tem levado teatro às IPSS deste concelho, numa parceria com o município.

Para o público mais jovem, a Filandorra vai apresentar o seu Ciclo de Teatro Para as Escolas em Vila Nova de Foz Côa, com a representação a 23 de março de Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente para os alunos do 3º ciclo, e a 24 de março o clássico Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett para os alunos do secundário.

As comemorações do Dia Mundial do Teatro centralizam-se em Lamego e Vinhais, nos quais a Companhia tem vindo a desenvolver residências artísticas, experimentando nos seus espaços culturais a possibilidade de novos projetos, que resultaram estreias nacionais de várias produções. Assim, no dia 25 de março, no Teatro Ribeiro Conceição, a companhia apresenta “Frei Luís de Sousa” para as escolas secundárias de Lamego, espetáculo que também vai ser representado na noite de sábado, para o público em geral.

No Dia Mundial do Teatro, a 27 de março, a Filandorra viaja até Vinhais para a apresentação da última produção, “O Velho da Horta”, de Gil Vicente. Será no Auditório do Centro Cultural Solar Condes de Vinhais, pelas 15h00, e tem entrada gratuita.

A iniciativa, “Março – o mês do Teatro”, que “está a ser desenvolvida desde o início do mês pela Filandorra, promove a arte do teatro junto de todos os públicos, dos oito aos oitenta”, explica em comunicado a Companhia, adiantando que do programa constam “31 representações para todos os públicos, dos mais novos aos mais velhos, afirmando o teatro como linguagem universal de todos e para todos, em aldeias, vilas e cidades do interior do país”.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.