Quinta-feira, 25 de Abril de 2024
No menu items!

Freixo de Espada à Cinta vai ser o palco para o Campeonato Europeu de Pelota

O Município de Freixo de Espada à Cinta vai ser o anfitrião do Campeonato Europeu de Pelota, a realizar-se entre os dias 2 e 6 de abril e onde estarão presentes nove seleções europeias

-PUB-

O ponto de partida para o campeonato será a Gala de Abertura “deste grande evento desportivo que trará centenas de pessoas ao concelho, entre equipas técnicas e público adepto desta modalidade”, adianta o município.

Os países a marcar presença nesta competição serão: Portugal, França, Holanda, Itália, Inglaterra, Comunidade Valenciana, Comunidade Autónoma do País Basco/EUSKADI, Irlanda e Bélgica.

As seleções irão competir, entre os dias três e seis de abril pelo título de Campeão Europeu de Pelota 2024.

O Campeonato Europeu de Pelota deste ano vai, pela primeira vez na história das competições da modalidade, incluir a prática tradicional do jogo da Pelota em Freixo de Espada à Cinta, onde se joga contra os frontões laterais da Igreja Matriz. “Esta forma de jogar é o elemento caraterizador e diferenciador da Pelota de Freixo de Espada à Cinta. Um dos motivos para este reconhecimento nacional e internacional e para a manutenção e promoção deste jogo tradicional que marca as gentes e o território do concelho de Freixo de Espada à Cinta”, explica a autarquia.

O município de Freixo de Espada à Cinta aproveita esta ocasião para reforçar a sua “forte aposta na revitalização dos jogos tradicionais do concelho”, neste caso o jogo da Pelota, o qual tem registado uma “elevada adesão da população à prática desta modalidade”.

“Este Campeonato Europeu de Pelota é encarado como um elemento de excelência para atração de turismo, de desenvolvimento económico e entendido como mais um passo em frente para colocar Freixo de Espada à Cinta no mapa dos grandes eventos desportivos a nível nacional e internacional e ostentar a chancela de concelho “bastião da pelota portuguesa”, concluiu a organização.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.