Domingo, 27 de Novembro de 2022

Gala Miss e Mister Agrupamento Diogo Cão voltou a realizar-se

Após uma interrupção de dois anos, foi com imensa satisfação que o Agrupamento de Escolas Diogo Cão deu início às atividades lúdicas que todos os anos tem planeadas e que são direcionadas aos alunos deste agrupamento

-PUB-

A primeira atividade que marcou o fim da utilização das máscaras em contexto escolar, decorrente da pandemia aconteceu na semana passada, na escola sede. A Gala Miss e Mister Escola 2022, iniciativa promovida pelo Gabinete de Apoio ao Aluno (GAA) em parceria com a Associação de Estudantes, contou com a participação de 35 alunos distribuídos pelos segundo e terceiro ciclos.

Os concorrentes desfilaram em três momentos distintos, designadamente passagem em roupa desportiva, roupa casual e roupa de gala. Os alunos aderiram em massa à iniciativa, estando os presentes muito participativos e dinâmicos enquanto decorria o desfile.

Num dia marcado por sol, temperatura agradável, elegância no espaço escolhido para o evento e espírito de festa, foram encontrados os tão desejados vencedores.

O júri teve uma tarefa muito difícil atendendo ao elevado número de concorrentes e qualidade de apresentação dos mesmos.

No final, após reunião do Júri e respetivas votações atribuídas no decorrer do desfile, foram apurados os vencedores pelos respetivos títulos a concurso.

No que concerne ao segundo ciclo, os vencedores foram Iris Lage (miss Diogo Cão) e Francisco Lázaro (mister Diogo Cão). A miss simpatia foi Ana Lopes.

Relativamente aos concorrentes do terceiro ciclo, os vencedores foram Mariana Ferreira (miss Diogo Cão), Jéssica Strohmeyer (1ª Dama), Diana Cardão (2ª Dama). Gonçalo Oliveira foi o mister, enquanto Rodrigo Santos foi o “Cavalheiro Diogo Cão”. O mister simpatia foi Rodrigo Félix.

Todos os galardoados receberam um diploma e um ramo de flores, que foram elaborados graciosamente pelas assistentes operacionais do agrupamento, Fátima Amaral e Sílvia Silva.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.