Terça-feira, 29 de Novembro de 2022

GD Chaves volta a vencer e reafirma vontade de subir

Os valentes transmontanos derrotaram os estudantes por 3 - 2 e somaram três pontos importantes na luta pela subida de divisão

-PUB-

O GD Chaves recebeu a já despromovida Académica de Coimbra no Estádio Municipal Engenheiro Manuel Branco Teixeira. A equipa da casa procurou preservar o ciclo de vitórias e subir mais um degrau na luta pelo sonho da subida.

A Académica, por sua vez, com a descida de divisão garantida, não acusou pressão e foi  somando vários erros crassos na defesa, apesar de ter arriscado ao longo da primeira parte.

Os valentes transmontanos inauguraram o marcador logo aos sete minutos de jogo, na sequência de um penálti marcado por Batxi. A defesa dos estudantes ia “patinando” e os da casa fizeram dois golos em três minutos.

Wellington marca aos 30 e Batxi bisa na partida aos 33 minutos de jogo. Aos 34 minutos, João Queirós vê o segundo amarelo e a equipa flaviense fica reduzida a 10 elementos, o que diminuiu as dores de cabeça da defensiva estudantil.

Na segunda parte a Académica teve mais posse de bola e o Desportivo de Chaves foi gerindo o esforço, o que fez com que a partida se fosse jogando longe da baliza. Porém, aos 68 minutos, um penálti a favor dos visitantes devolveu alma ao jogo. João Carlos não falha o objetivo e carimba o primeiro golo a favor da Académica.

A partir daqui, os estudantes estiveram em destaque, por cima do jogo, e voltaram a marcar, aos 76 minutos, na sequência de um canto. Os valentes transmontanos foram apanhando alguns sustos, mas que não passaram disso mesmo, arrecadando três importantes pontos na luta pelo sonho da subida à Primeira Liga.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.