Domingo, 27 de Novembro de 2022

GD Chaves volta a vencer e sobe ao pódio da Liga 2

Os valentes transmontanos marcaram o único golo da partida e alcançaram a nona vitória nos últimos dez jogos, subindo ao terceiro lugar da tabela classificativa, com um total de 42 pontos

-PUB-

O Grupo Desportivo de Chaves continua a trilhar o caminho do sonho da subida à primeira Liga. A atravessar um bom momento na época, hoje foi dia de receber em casa o Vilafranquense de olhos postos no pódio da Liga Portugal 2.

A partida da jornada 22 começou com jogadas rápidas e com os valentes transmontanos a procurar dominar a posse de bola. Como resposta, os visitantes procuraram adiantar-se em velocidade no contra-ataque, o que acabou por fazer com que a equipa de Vila Franca de Xira tenha estado mais perto do golo, embora sem aquecer as luvas de Paulo Vítor.

Tudo em aberto à hora do intervalo. A segunda parte começou com duas alterações na equipa da casa, com João Correia e Adriano Castanheira em campo, mas sem grandes novidades ao nível da tática, com muita bola no ar e, no caso do GD Chaves, muito controlada a meio-campo. As oportunidades de golo foram praticamente inexistentes, o que obrigou a mexidas nas equipas.

Vítor Campelos opta por colocar dois avançados de peso, Juninho e Patrick Fernandes, em campo, que entraram para abanar o jogo com a intensidade e a velocidade que faltavam. Depois de uma primeira bola ao poste de Juninho, o defesa João Correia inaugurou o marcador aos 80 minutos, tendo sido considerado o “homem do jogo”.

Os valentes transmontanos seguraram a vantagem até ao fim, alcançando, assim, a nona vitória nos últimos dez jogos, que lhes valeu a subida ao terceiro lugar da tabela da Liga Portugal 2, permitindo ao plantel e equipa técnica continuar a sonhar com a subida à primeira Liga.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.