Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
No menu items!

GNR recupera joias furtadas em residências por empregada de limpeza

Os objetos eram furtados de habitações onde a suspeita prestava serviços de limpeza

-PUB-

O Comando Territorial de Vila Real da GNR informou que, ontem, constituiu arguida uma mulher de 28 anos por furtos em residências e recuperou diversos artigos em prata e ouro, no concelho de Vila Real. A mulher terá roubado os objetos de joalharia em casas onde fazia limpeza.

A Guarda apurou que a mulher “furtava material em prata e ouro das residências a que acedia para prestar serviços de limpeza”. A investigação por furtos em residências decorria há cerca de cinco meses. Os militares da Guarda deram cumprimento a dois mandados de busca, uma domiciliária e uma em veículo, tendo sido possível apreender um anel em prata, uma pulseira em prata, um pendente em ouro, dois fios em ouro, e ainda oito doses de haxixe.

As peças apreendidas irão ser restituídas aos legítimos proprietários.

A suspeita foi constituída arguida e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Vila Real.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.