Quinta-feira, 19 de Maio de 2022

Incubadora de Empresas entre as prioridades de Vítor Pimentel para o novo mandato

Os novos Órgãos Sociais da ACISAT - Associação Empresarial do Alto Tâmega já tomaram posse. Na cerimónia que decorreu ontem, no Auditório Luiz Coutinho, em Chaves, o presidente da direção deixou claro que "o primeiro mandato serviu para alicerçar aquilo que será o futuro da Associação"

No arranque de mais um mandato, Vítor Pimentel, presidente da direção da ACISAT, quer fazer cumprir alguns objetivos “que tiveram de cair por terra” no último triénio. “Vamos continuar a caminhada. Desta vez, com passos mais firmes e com a certeza que temos uma Associação mais estável. Sabemos que gerir uma entidade deste tipo obriga, sempre, a que sejam feitas reformulações de objetivos”.

Segundo o próprio, “foi necessário fazê-las, não só por questões relacionadas com a (ACISAT), mas, também, por questões relacionadas com o próprio mundo. Vivemos uma situação pandémica e iniciou-se uma guerra. Nos últimos dois anos, o mundo evoluiu dez, fruto das dificuldades que se apresentaram. Todos nós temos que acompanhar a evolução. Nalguns momentos conseguimos, noutros não. Temos de o admitir mas, sem dúvida, que este primeiro mandato serviu para alicerçar aquilo que será o futuro da Associação”, frisou.

PRINCIPAIS DESAFIOS

Vítor Pimentel quer “levar a cabo o nosso projeto número um, a criação de uma Incubadora de Empresas situada no Centro Histórico de Chaves, que é a sede do Alto Tâmega. Entendemos que, tanto a cidade de Chaves como a cidade de Valpaços, como os restantes concelhos, devem ter uma grande coesão no centro para proteger o seu comércio local”.

De acordo com o presidente, “estamos numa região onde o comércio sempre foi o dínamo económico dos municípios do Alto Tâmega. É preciso preservá-lo e fazê-lo evoluir. Isto só se consegue com a atração de pessoas e com a existência de gente. O nosso grande propósito inicial é conseguir colocar empresas e serviços no centro da cidade, que obriguem as pessoas a deslocar-se até lá”.

Vítor Pimentel aproveitou o mote para mencionar o projeto dos “Bairros Digitais”, em conjunto com o município de Chaves, que “nos permite criar um centro comercial ao ar livre, no qual teremos uma identidade própria, um brasão, um ‘branding’ comum e uma série de valências que são habituais nos centros comerciais ditos tradicionais”.

Para o presidente, “temos dos melhores comércios locais do país, quer a nível de infraestruturas, quer de empresários que todos os dias lutam e se comprometem por um projeto de vida”, destacou Vítor Pimentel.

A cerimónia de tomada de posse dos novos Órgãos Socias da ACISAT para o triénio de 2022-2024, presidida pela presidente da Assembleia Geral, Manuela Carvalho, contou com a presença do vice-presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte, Inácio Ribeiro, do vice-presidente do município de Chaves, Francisco Melo, e do vice-presidente do município de Boticas, António Guilherme Pires.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.