Terça-feira, 15 de Junho de 2021
©DR

Lamego avança no plano de desconfinamento

O concelho de Lamego vai avançar para a mesma fase do resto do país no plano de desconfinamento, anunciou hoje o Governo em conferência de imprensa, após a realização do Conselho de Ministros.

-PUB-

Esta decisão deve-se à melhoria da situação epidemiológica, registada durante os últimos dias.

No atual contexto, o Município de Lamego continuará a promover diversas ações de sensibilização e fiscalização junto da população para garantir o cumprimento das normas higiénico-sanitárias em vigor.

De acordo com o atual processo de desconfinamento, passam a aplicar-se em Lamego as seguintes regras já a partir deste fim de semana:

Horários de funcionamento:

  • Restaurantes e espetáculos até às 22h30;
  • Comércio em geral: até às 21h00 nos dias de semana e até às 19h00 nos fins de semana e feriados.
  • Os restaurantes, cafés e pastelarias podem funcionar com a limitação condicionada a um máximo de seis pessoas por mesa no interior e dez pessoas por mesa nas esplanadas;
  • A prática de todas as modalidades desportivas passa a estar permitida, bem como e para todas a atividade física ao ar livre;
  • Os ginásios podem funcionar com aulas de grupo, observando as regras de segurança e higiene;
  • A lotação para casamentos e batizados passa a estar limitada a 50% do espaço.
  • As instalações desportivas onde ocorra prestação de serviços passam a encerrar às 22h30.

Passa também a estar permitido o funcionamento:

  • Da atividade dos equipamentos itinerantes de diversão;
  • Dos parques de diversão infantil de natureza privada ainda que na dependência de autorização da DGS;

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.