Sexta-feira, 20 de Maio de 2022

Mais 36 mortos, 17.019 novas infeções e mais internamentos

Portugal registou 17.019 novas infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, mais 36 mortes associadas à covid-19 e um novo aumento nos internamentos, indica a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o boletim epidemiológico diário, hoje estão internadas 2.560 pessoas, mais 49 do que no domingo, enquanto nas unidades de cuidados intensivos estão menos duas, num total de 178, sendo que nem todos os internamentos se devem à covid-19, podendo ser motivados por outras patologias apesar da existência de infeção com SARS-CoV-2.

O número de casos ativos voltou hoje a diminuir, havendo agora 608.147, menos 20.663 do que no domingo, e nas últimas 24 horas foram dadas como recuperadas 37.646 pessoas, passando a contabilizar um total de 2.304.585.

Das 36 mortes registadas nas últimas 24 horas, 11 ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, outras 11 no Norte, 10 no Centro e quatro no Alentejo.

A maior parte das vítimas mortais com covid-19 tinha mais de 80 anos (23), tendo ainda sido registados seis óbitos entre os 70 aos 79 anos, outros seis entre os 60 e os 69 anos e um entre os 50 e os 59.

O Norte continua a ser a região do país com mais novos casos diários, com mais 7.608 infeções, seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo, com mais 4.326, o Centro (2.269), os Açores (1.077), o Algarve (770), o Alentejo (564) e a Madeira (405).

Nas últimas 24 horas foram colocados em vigilância mais 1.092 contactos, que totalizam agora 665.534.

Segundo a DGS, desde março de 2020 foram infetadas em Portugal 2.932.990 pessoas com o SARS-CoV-2 e foram declaradas 20.258 mortes associadas à covid-19.

O maior número de novos casos diagnosticados situa-se nos grupos etários entre os 40 e os 49 anos, com 3.013 novas infeções nas últimas 24 horas. Seguem-se o dos 10 aos 19 anos (2.991 novas infeções), o dos 30 aos 39 anos (2.768), até aos 9 anos (2.540), entre os 20 aos 29 anos (2.244), entre os 50 e os 59 anos (1.569), entre os 60 e os 69 anos (929), entre os 70 e 79 anos (535) e dos idosos com mais de 80 anos (430).

Desde o início da pandemia, em março de 2020, a região de Lisboa e Vale do Tejo registou 1.050.847 casos e 8.498 mortes.

Na região Norte registaram-se 1.134.070 infeções e 6.161 óbitos e a região Centro tem agora um total acumulado de 424.773 infeções e 3.570 mortes.

O Algarve totaliza 114.284 contágios e 650 óbitos e o Alentejo soma 98.922 casos e 1.139 mortos por covid-19.

A Região Autónoma da Madeira soma desde o início da pandemia 68.051 infeções e 170 mortes e o arquipélago dos Açores 42.043 casos e 70 óbitos.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

De acordo com DGS, foram contabilizados 1.371.108 casos de infeção em homens e 1.559.234 em mulheres, havendo 2.648 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Desde março de 2020 morreram 10.652 homens e 9.606 mulheres de covid-19.

A covid-19 provocou pelo menos 5.737.468 de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A variante Ómicron, que se dissemina e sofre mutações rapidamente, tornou-se dominante do mundo desde que foi detetada pela primeira vez, em novembro, na África do Sul.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

Homem encontrado morto em casa

PREMIUM

Um lar a que todos chamam casa

Homem morre em colisão

Homem morre afogado em Valdanta

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.