Quarta-feira, 24 de Abril de 2024
No menu items!

Mais de 311 mil pessoas passaram pelas infraestruturas desportivas municipais em 2023

O município de Vila Real fez o habitual balanço da taxa anual de ocupação das infraestruturas desportivas, que são propriedade ou estão sob gestão municipal.

-PUB-

Em comunicado, o município revela que, em 2023, passaram por estas infraestruturas 311 938 pessoas, entre atletas, alunos, utentes e assistência.

O Pavilhão dos Desportos e as Piscinas Municipais Cobertas voltaram a ser os equipamentos mais frequentados, registando uma “taxa de ocupação de 97%”.

A elevada taxa de ocupação do Pavilhão dos Desportos que registou no período em análise 98 379 entradas, deve-se, “em grande parte, ao movimento associativo do concelho e aos grandes eventos desportivos, que ali encontram as melhores condições para o desenvolvimento da sua atividade, nomeadamente dos treinos e torneios”, explica a autarquia.

No que respeita às Piscinas Municipais Cobertas, “há que realçar o esforço do município em dotar aquela infraestrutura desportiva de melhores condições de usufruto e utilização, prova disso são as obras de beneficiação ali realizadas. Esta infraestrutura municipal tem conseguido, apesar da sua antiguidade, fidelizar muitos utentes tendo registado, só no último ano, um total de 83 069 utilizadores”. Tratando-se de uma infraestrutura desportiva a funcionar há já algumas décadas e considerando o aumento da população do concelho e consequente afluência de utilizadores, o município, consciente da necessidade de garantir as melhores condições para todos os vila-realenses que frequentam estas piscinas ao longo de todo o ano, seja para aprendizagem, treinos ou apenas para lazer, prepara-se para avançar com a construção das novas Piscinas Municipais Cobertas.

No que se refere à construção de Infraestruturas desportivas, “decorrem a bom ritmo as obras de requalificação do Pavilhão Fausto Carvalhais e, em breve, haverá novidades sobre o início da requalificação do Complexo do Monte da Forca”, avançou Alexandre Favaios, vice-presidente e vereador do Pelouro do Desporto.

Destacam-se também os projetos e dinâmicas que resultam das políticas municipais de desporto desenvolvidas em estreita articulação com as associações concelhias, com vista a generalizar o acesso ao desporto em todas as suas vertentes. Para esse efeito, o município “mantém permanentemente atualizado o levantamento dos recursos, meios e necessidades desportivas ao serviço do associativismo desportivo em particular, e da população concelhia em geral, bem como das intervenções necessárias garantindo, desta forma, uma oferta diversificada com infraestruturas de qualidade”, conclui a nota enviada às redações.

 

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.