Terça-feira, 25 de Junho de 2024
No menu items!

Mais de 500 pessoas dão vida à maior Via Dolorosa esta quarta-feira

As ruas da Vila de Alijó vão receber a recriação da “Via Dolorosa” com a participação de mais de 500 pessoas de todas as freguesias do Concelho, naquele que será o maior espetáculo do género com participantes ativos.

-PUB-

O espetáculo ao vivo terá lugar esta quarta-feira, dia 5 de abril, a partir das 21 horas, e inclui a encenação de vários quadros da Via Sacra em diferentes locais da Vila.

Esta iniciativa do Município de Alijó conta com a estreita colaboração das 14 Juntas de Freguesia e com a participação de elementos das associações locais e da comunidade em geral. O diretor artístico do espetáculo, Marco Aurélio Moura, assegura que esta recriação da Via Sacra “é a maior encenação da via sacra com intervenientes ativos”, sendo que cada um dos participantes desempenha uma personagem específica na recriação.

O espetáculo ao ar livre terá a duração de cerca de 1h45 e cumpre a sequência da narrativa dos últimos dias de Jesus Cristo, sendo que cada quadro é encenado por uma freguesia, num lugar específico da Vila, conferindo-lhe uma dinâmica própria e singular. Os vários quadros que integram a dramatização têm início na área envolvente ao Plátano. A primeira cena terá lugar em frente ao Tribunal, com a chegada de Cristo e dos apóstolos.

De seguida, será recriada a entrada em Jerusalém (Domingo de Ramos), nas traseiras da Igreja Matriz. As cenas seguintes acompanham vários quadros no adro da Igreja Matriz, no Chafariz, na Praça do Município, em frente à Câmara Municipal, no largo em frente aos Bombeiros Voluntários, na escadaria da Escola EB2,3/S de Alijó e no anfiteatro das Piscinas Municipais.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS