Terça-feira, 19 de Outubro de 2021

Manoel de Oliveira O último “acto da primavera”

A morte do cineasta Manoel de Oliveira marcou a última semana de março/primeira semana de abril de 2015. O calendário religioso apontava para a época da Quaresma, da Paixão, da Páscoa. Foi com “Acto da Primavera” que Oliveira se imiscuiu pela primeira vez nas tradições da cultura popular transmontana, filmando a “Paixão de Cristo”, uma expressão artística teatral dos habitantes da aldeia de Curalha, no concelho de Chaves.

-PUB-

Manoel de Oliveira (nascido em 11 de dezembro de 1908, ano do “Regicídio”) evidenciou-se, também, em várias outras atividades, de que poderemos salientar o automobilismo, a aviação, o remo, o atletismo e a ginástica. Foi o cinema, todavia, aquela que mais o distinguiu, desde 1931 (ano em que realizou o seu primeiro filme, uma curta-metragem de inexcedível beleza e qualidade descritiva – “Douro, faina fluvial”) até ao ano em que faleceu (2015), com 106 anos de idade. E a referência à sua idade prolongada é curial, porque também foi a permanente aceitação dos anos marcados no seu calendário de vida, ritmados com a quase sua obsessão em fazer filmes (Oliveira sabia que tinha cada vez

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.