Sábado, 4 de Fevereiro de 2023
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Mondim de Basto com transporte diário para Vila Real

Mondim de Basto já dispõe de uma ligação diária de transporte público a Vila Real, que funciona a pedido ao fim de semana e dá resposta a uma reivindicação antiga da população.

-PUB-

Bruno Ferreira explicou à agência Lusa que, nos dias úteis “existe um autocarro diário” do concelho de Mondim de Basto para a sede do distrito, Vila Real, e ao fim de semana “funciona um transporte a pedido”.

Este transporte dá resposta a um “problema que estava enraizado” no município” e a “uma reivindicação antiga da população”.

“A nossa ligação com Vila Real é histórica, é a sede do distrito, há serviços públicos que estão na sede. Acaba por ser uma resposta para quem não tenha outro meio de transporte e vai ao encontro da população, até daqueles que vivem nas aldeias ao longo do trajeto”, acrescentou o presidente da autarquia.

Durante a semana, o autocarro sai de Mondim e Basto às 08:15 e, depois, o regresso a partir de Vila Real faz-se a partir das 16:00.

Uma das paragens, apontou, é na unidade de Vila Real do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

Aos fins de semana, segundo Bruno Ferreira, o transporte funciona a pedido dos passageiros e, de acordo com o autarca, a “empresa ajusta o transporte com o número de pedidos efetuados”.

A ligação foi implementada no âmbito da nova concessão de transporte público rodoviário de passageiros da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Ave, a qual entrou em vigor a 01 de janeiro e, até ao momento, faz-se um “balanço positivo”.

A concessão foi entregue à AVE Mobilidade e introduziu uma “nova oferta” com cerca de 20 ligações inter-regionais, 30 ligações intermunicipais e cerca de 35 ligações municipais.

Apesar desta nova ligação rodoviária a Vila Real, Bruno Ferreira disse que o município mantém o serviço de transporte para os alunos universitários do concelho com circuitos semanais para Vila Real, Porto e Braga, uma medida implementada no início deste ano letivo e que teve como objetivo para apoiar as famílias “numa altura em que as despesas aumentam significativamente”.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.