Domingo, 29 de Maio de 2022

Município homenageia Plátano Centenário no Dia da Árvore

O município de Alijó vai homenagear o seu Plátano Centenário, um dos principais ex-libris do concelho.

O município de Alijó vai homenagear o seu Plátano Centenário, um dos principais ex-libris do concelho, através do lançamento de um livro pedagógico dedicado a esta árvore. Cerca de 500 crianças do pré-escolar e alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico irão receber este livro, como forma de assinalar o Dia da Árvore.

O presidente da Câmara Municipal, José Paredes, irá fazer a entrega deste livro, no próximo dia 22 de março, às 10h30, junto ao Plátano Centenário de Alijó, a uma turma do Agrupamento de Escolas D. Sancho II, numa sessão simbólica que terá em conta as orientações da Direção-Geral da Saúde.

Esta publicação, chamada “Raízes de Sabedoria”, é lançada no âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar Alijó Educa+, financiado pelo Norte 2020, e “constitui mais uma ferramenta disponibilizada pelo município a todas as crianças da Educação Pré-Escolar e alunos do 1º ciclo do Ensino Básico”.

Em comunicado, a autarquia revela que objetivo “é estimular a aprendizagem e a vontade de saber e, ao mesmo tempo, possibilitar o desenvolvimento da afirmação de uma identidade e valorização do território nos alunos”.

Acrescenta ainda que este livro “é mais um recurso pedagógico que pode ser trabalhado em várias disciplinas e sob diferentes prismas, desde a leitura, a escrita, o estudo do meio, cidadania, atividade física e nas várias expressões artísticas”. O plátano de Alijó ou a árvore grande, como também é apelidada, é um dos mais antigos e relevantes símbolos do concelho. Foi mandada plantar pelo 1.º Visconde da Ribeira e completa, este ano, 165 anos.

Em 1953, foi classificada como Árvore de Interesse Público, por constituir um
património de elevado valor ecológico, paisagístico e histórico

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.