Domingo, 26 de Maio de 2024
No menu items!

Noite Negra, Pedro Abrunhosa e Carminho animam São Pedro

Esta quarta e quinta-feira é tempo de São Pedro e de Feira dos Pucarinhos em Vila Real, com as ruas da cidade a encherem-se de cor e animação para receberem um dos eventos mais aguardados do ano.

-PUB-

Para além da feira, onde a olaria de Bisalhães tem um lugar de destaque, o município de Vila Real dinamiza, na noite de 28 de junho, na Praça do Município, a iniciativa Noite Negra, onde “se pretende homenagear e lembrar esta tradição ancestral com a realização de um conjunto de atividades relacionadas com a arte da olaria”.

O Jantar Negro, entre as 19h00 e as 22h00, e o jogo do Panelo, previsto para as 19h30, são dois dos eventos que marcam esta iniciativa.

Todos os interessados em participar podem inscrever-se na sede da Associação Comercial e Industrial de Vila Real ou na sede da Associação Promotora do Circuito Internacional de Vila Real.

Os espetáculos preparados para animarem estas duas noites prometem também atrair ao centro histórico centenas de vila-realenses e turistas. No dia 28, a partir das 21h00, no Largo da Capela Nova, a Noite Negra será animada pela Banda de Música de Nogueira, seguindo-se Pedro Abrunhosa que subirá ao palco da Praça do Município, às 22h00.

Durante a Feira de São Pedro, haverá quatro ‘stands’ de olaria, onde haverá trabalho ao vivo pelos artesãos, será recuperada a tradição do jogo do panelo, em que as peças vão passando de jogador em jogador até partir, vai ser recriado pela companhia de teatro Filandorra.

No dia 29, será a vez da fadista Carminho brindar o público com um concerto que será certamente memorável. A terminar a noite, haverá o arraial de São Pedro, que vai encerrar a Festas da Cidade.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS