Quarta-feira, 24 de Abril de 2024
No menu items!

Passeio de sensibilização sobre cancro da mama

O Município de S. João da Pesqueira vai organizar, no dia 30 de outubro, um “passeio solidário cultural” de forma a assinalar o Mês de Prevenção do Cancro da Mama.

-PUB-

A iniciativa está agendada para as 14h00. A caminhada começa com o aquecimento, em frente aos São.

Segue-se o passeio com um percurso que irá atravessar vários pontos de interesse da sede do Concelho, como a Praça da República, o Museu Eduardo Tavares, a Rua dos Gatos, o Vale das Hortas, o Bairro de Cidrô, o Palácio de Cidrô, a Casa do Cabo e o Parque da Mata do Cabo, onde também decorrerá a sessão de alongamentos.

A caminhada terá um percurso de cinco quilómetros e está aberta a pessoas de todas as idades. A ação decorre no âmbito do “Outubro Rosa”, promovido pela Liga Portuguesa contra o Cancro (LPCC).

As inscrições estão abertas até 24 de outubro no Balcão Único de Atendimento municipal, no Complexo Desportivo Municipal e nas juntas de freguesia. As receitas reverterão a favor da LPCC. Os participantes vão receber uma t-shirt alusiva à iniciativa como oferta.

O cancro da mama é um dos mais comuns entre as mulheres e é a segunda causa de morte pela doença na população feminina. Em Portugal, cerca de 1 por cento de todos os cancros da mama são detetados nos homens.

Segundo a Liga Contra o Cancro, são detetados em todo o país cerca de 7.000 novos casos de cancro da mama por ano. Em caso de diagnóstico e tratamento precoce, o cancro da mama tem uma taxa de cura superior a 90 por cento.

O “Outubro Rosa” tem como objetivo sensibilizar a sociedade para a problemática do cancro da mama e a sua prevenção.

 

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.