Quinta-feira, 30 de Junho de 2022

Polícia Judiciária investiga incêndio em anexo

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real está a investigar um incêndio que deflagrou, esta madrugada, num anexo, na aldeia de França, no concelho de Bragança.

Segundo o comandante dos bombeiros de Bragança, Carlos Martins, à chegada dos meios, o anexo, que servia de arrecadação de materiais diversos, “estava completamente tomado pelas chamas e havia o risco de o incêndio atingir uma habitação, o que obrigou os bombeiros e a GNR a evacuar preventivamente uma idosa, da sua habitação, enquanto decorriam as operações de combate”.

Acrescentou ainda que o alerta para o incêndio foi “dado por um vizinho e criou sobressalto nos moradores mais próximos do local, que se precaveu pelo risco de afetar habitações contíguas”.

O incêndio foi dominado poucos minutos depois, sendo que as causas, ainda desconhecidas, estão a ser investigadas pela Polícia Judiciária.

Nas operações estiveram envolvidos oito operacionais dos bombeiros de Bragança, apoiados por três veículos.

No local esteve ainda uma patrulha da GNR.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.