Quarta-feira, 4 de Agosto de 2021
©DR

Professores de Português estiveram reunidos em Chaves

Terminou ontem o 14º Encontro Nacional da Associação de Professores de Português, no Auditório do Centro Cultural de Chaves, este ano subordinado ao tema “Português: avaliação na aprendizagem”.

-PUB-

Durante dois dias, docentes, investigadores e especialistas propuseram e discutiram caminhos e soluções didáticas sobre o papel da avaliação na melhoria das aprendizagens na disciplina de Português, nos ensinos básico e secundário, particularmente, num tempo de excecionalidade da vida escolar, criada pela atual situação pandémica.

Com quatro subtemas em debate, nomeadamente a “Avaliação de conhecimentos, capacidades e atitudes nos vários domínios do Português”, “Educação inclusiva vs avaliação inclusiva”, “Aprender mais e melhor: o estado da arte das ciências cognitivas” e “Modalidades e instrumentos de avaliação”,  aprofundou-se uma reflexão conjunta sobre as questões da avaliação na referida disciplina, que a todos os professores diz respeito, no sentido de ser melhorada a qualidade do ensino e da aprendizagem e de forma a serem alcançadas as competências previstas no perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória.

O presidente da Câmara, Nuno Vaz, presente na sessão de abertura, destacou a importância da valorização da língua portuguesa e das competências pedagógicas neste encontro, uma iniciativa que em simultâneo dará visibilidade e importância ao concelho e à promoção turística da cidade.

Esta iniciativa de âmbito nacional surgiu de um compromisso estabelecido entre a Associação de Professores de Português, o Agrupamento de Escolas Dr. António Granjo e representantes locais.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.