Domingo, 14 de Agosto de 2022

PSD aprova “por unanimidade” voto de protesto pela falta de apoio às corridas

A comissão política da concelhia do PSD aprovou hoje “por unanimidade” um voto de protesto pela “falta de apoio do Governo” às corridas de automóveis em Vila Real, que poderão não se realizar em 2023.

-PUB-

Em comunicado, o PSD referiu que as corridas de Vila Real “são um património e uma marca cultural da cidade e de toda a região”. Por isso, os sociais-democratas lamentam que o Circuito Internacional de Vila Real, “apesar de todo o sucesso e expectativa gerada à sua volta, ainda não tem confirmada a sua realização em 2023”.

Os sociais-democratas sustentam ainda que “continuam a defender a marca ‘Corridas’, considerando que a mesma deveria ser potenciada com a realização de um conjunto de eventos, atividades culturais e promocionais ao longo do ano e não apenas num fim de semana”.

A mesma nota acrescenta ainda que o futuro do evento “está comprometido pela falta de apoio financeiro do Governo central (Ministério da Economia e Secretaria de Estado da Juventude e Desporto), que deve ser concretizado através das instituições competentes para o efeito, nomeadamente o Turismo de Portugal”.

O PSD revela ainda que “muito se fala do interior e da descentralização, mas na hora da verdade escasseiam os apoios, o incentivo e o estímulo”, sublinhando que o interior “tem que ser visto como uma oportunidade e não uma fatalidade”.

Na reunião, ficou ainda decidido “solicitar o envolvimento e intervenção dos deputados do PSD na Assembleia da República, eleitos pelo círculo de Vila Real, no sentido de, através da sua ação, contribuírem para o desfecho positivo deste constrangimento”.

O PSD Vila Real enalteceu e saudou “todos aqueles que, de uma forma voluntária e com um espírito altruísta, contribuíram para o sucesso da organização das corridas de Vila Real 2022”.

No último dia das corridas, Rui Santos, presidente da Câmara de Vila Real, lamentou a falta de apoios às corridas e deixou no ar o risco de a edição 2023 do circuito e do WTCR não se realizar. “Ao contrário daquilo que eu desejaria, se para o ano voltaríamos a ter o Circuito Internacional com as circunstâncias que temos hoje ou muito parecidas, eu não posso e não quero garantir isso. Não posso e não me quero comprometer com isso e vamos, provavelmente, ter de repensar tudo isto”.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.