Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
No menu items!

PSP vai realizar uma formação para detentores de cães perigosos

A Polícia de Segurança Pública de Vila Real vai realizar, no dia 24 de novembro, a “8ª Ação de Formação para Detentores de cães perigosos ou potencialmente perigosos”.

-PUB-

A formação será realizada na sede do Comando Distrital de Vila Real por membros da polícia credenciados e terá a duração de quatro horas, sendo que, no final da formação os participantes serão submetidos a uma prova escrita de 30 questões, com a duração de 30 minutos.

As candidaturas para a formação estão disponíveis para os residentes da área de responsabilidade da PSP, Vila Real e Chaves, que se podem inscrever através do envio da ficha de candidatura, disponível no website, para o email da PSP.

A PSP classifica um animal potencialmente perigoso “Todo o animal que devido às características da sua espécie, comportamento agressivo, tamanho ou potência de mandíbula, possa causar lesão ou morte a pessoas ou a outros animais.

A lei portuguesa considera as seguintes raças de cães como potencialmente perigosas: Cão de Fila Brasileiro, Dogue Argentino, Pitbull Terrier, Rottweiler, Staffordshire Terrier Americano, Staffordshire Bull Terrier e Tosa Inu.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.