Quarta-feira, 28 de Julho de 2021

Santander vai lançar cartões amigos do ambiente para apoiar a sua transição verde

O Banco Santander anunciou hoje que está a acelerar o lançamento de cartões ecológicos na Europa, para reforçar o seu compromisso de banca sustentável e responsável e apoiando a transição verde do banco.

-PUB-

Até 2025, todos os cartões de débito, crédito e pré-pagos na Polónia, Portugal, Espanha e Reino Unido serão feitos de materiais sustentáveis, tais como PVC reciclado ou substituto de plástico à base de milho.

Em comunicado, o banco explica que, como os cartões de PVC reciclado e polilácticos à base de milho (PLA) requerem menos energia do que os cartões de plástico tradicionais, a adoção de cartões ecológicos “permitirá uma poupança de mais de 1.000 toneladas de CO2 por ano, o que equivale ao consumo de energia de quase 1.000 lares. Uma vez concluída a implementação, que começou há quase dois anos, a utilização de plástico será reduzida também em 60 toneladas por ano”.

O Santander, que tem mais de 30 milhões de cartões de débito, crédito e pré-pagos na Europa, também vai simplificar a sua oferta de cartões, em 2021, com uma redução de mais de 30%, com o objetivo de simplificar a experiência do cliente e aumentar a eficiência.

Como parte da simplificação deste processo, o banco “vai adotar um novo design único e moderno para todos os cartões, que incluem ainda um logótipo ecológico e um padrão para cada segmento de cliente, e, ainda, uma marca para ajudar à acessibilidade de pessoas invisuais”.

António Simões, responsável regional para a Europa no Banco Santander, afirmou que “a redução do uso desnecessário de plásticos é um passo extremamente importante na transição do grupo para uma economia verde. Ao passarmos para os cartões ecológicos, estamos a reduzir a nossa pegada de carbono e a apoiar a nossa ambição de alcançar zero emissões líquidas de carbono. Este é um grande exemplo do que podemos fazer utilizando a força coletiva One Santander na Europa, alavancando a nossa escala global e prestando um melhor serviço aos clientes”.

O Santander anunciou no mês passado a sua ambição de alcançar zero emissões líquidas de carbono em todo o Grupo até 2050. Esta ambição aplica-se tanto à atividade própria do Grupo, como para as emissões de todos os seus clientes decorrentes dos serviços de financiamento, assessoria ou investimento fornecidos pelo Santander.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.