Quinta-feira, 30 de Junho de 2022

Sessões de Inteligência e Gestão Emocional no Agrupamento Morgado de Mateus

As escolas do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas Morgado Mateus receberam sessões de Inteligência e Gestão Emocional intituladas “Cresço Sentido – Sou, Sinto & Aprendo”

As escolas do 1º ciclo do Agrupamento de Escolas Morgado Mateus receberam sessões de Inteligência e Gestão Emocional intituladas “Cresço Sentido – Sou, Sinto & Aprendo”, no âmbito do Plano de Desenvolvimento Pessoal, Social e Comunitário do Agrupamento e em parceria com o Projeto Erasmus+ Soft Skills, Strong Persons.

Os alunos do 4º ano de todas as escolas do 1º ciclo tiveram a oportunidade de terem contacto com aspetos relacionados com as competências socioemocionais, as inteligências múltiplas, com a autorregulação, coaching emocional e momentos ‘Mindfulness’, com o propósito de fomentar o autoconhecimento como meio de promover o sucesso pessoal e escolar. Foram abordadas temáticas relacionadas com as emoções básicas, a empatia, a autogentileza e o poder das palavras.

Ao longo das quatro sessões, alunos e professores puderam “experienciar momentos de atenção plena, de atividades, que promovem a literacia emocional.
Os alunos conseguiram perceber que “Eu sou forte, tenho superpoderes (…)” e ainda “Eu aprendi que a respiração é muito importante e que precisamos de todas as emoções a trabalhar em conjunto”.

Com a promoção destas sessões, o agrupamento pretende fornecer aos alunos “práticas e conhecimentos que lhes permitam ser crianças conscientes das suas escolhas e que adquiram uma maior capacidade de reflexão consciente sobre si mesmos e sobre o mundo que os rodeia”.

Para o próximo ano letivo está previsto que estas sessões abranjam um maior número de alunos.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.